Gente X Poder

Gente & Poder

| 16/12/2014 - 00:01

Eleição
Uma postagem do vereador Gian de Conto em rede social sobre a eleição da manhã levou Luís Fritzen à tribuna na sessão ordinária da noite. Fritzen não gostou do uso do termo “derrotado” numa referência a ele e sua candidatura e disse que teve 11 votos contra seu requerimento para adiar a eleição da Mesa e por isso retirou a candidatura, mas seis votos direcionou para Ademar Dorfschmidt.
-----------------
Derrota
Fritzen disse que Gian é que não foi hábil o suficiente para obter os onze votos da situação e perdeu o cargo de vice-presidente para Walmor Lodi. E questionou que Gian diz que faz parte da base mas porque até a semana passada tinha candidatura contra o líder do Governo, afirmando ainda que pretendia adiar a eleição para sexta-feira para obter algum novo esclarecimento sobre os fatos ocorridos e sai de cabeça erguida desta eleição.
-----------------
Difícil
Adriano Remonti deixou a presidência para ir à tribuna se solidarizar com Gian de Conto e Eudes Dallagnol, que tiveram “um fim de semana difícil”. Adriano também questionou Walmor Lodi por dizer que a nova Mesa vai ser um “divisor de águas”, criticando o uso da expressão e afirmando que se deve agir como bombeiros.
-----------------
Esgotos
E criticou o ocorrido, afirmando que “quem fez isso desceu aos esgotos da política”. E atacou Neudi Mosconi, questionando por andar com gravador e afirmando que nunca mais vai ser visto numa conversa sozinho com ele. Disse porém que muitas coisas não são como contadas às população e que suas contas na Casa estão abertas para fazer um levantamento e verificá-las.
-----------------
No processo
Neudi Mosconi agradeceu a confiança depositada nele como secretário e nos demais da Mesa, afirmando que junto com Ademar terá as maiores responsabilidades. Quanto aos fatos do fim de semana disse que a Justiça irá definir os culpados e inocentes neste processo, afirmando que “não pactuo com corrupção”, defendendo um processo “dentro da ética e da moral”, admitindo exageros, mas dizendo que “tudo será julgado dentro do processo”.
-----------------
Na tribuna
Eudes Dallagnol também foi à tribuna, onde não costuma ir. Disse que ficou 24 horas “não preso, detido”, agradecendo o acolhimento muito bom que teve na 20ª SDP, onde foi cuidado pelo vereador e policial Genivaldo Paes. E questionou a manifestação de Neudi Mosconi, que se referiu aos filhos e esposa e disse que eles têm que se orgulhar dele, indagando se os seus não precisam também se orgulhar de seu pai e esposo.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Três perguntas aos gestores de Toledo, se é que podem me responder?

Três perguntas aos gestores de Toledo, se é que podem me responder?

Voos que não vêm!

Beto Richa cancela vinda a Toledo

Nota de esclarecimento, do esclarecimento.

Toledo tem 12 casos de dengue

Agricultor vai produzir energia renovável – Linha Tatu

Decretos vão aumentar impostos em Toledo

Improbidade administrativa

Obras mal feitas dá condenação

Mais Destaques

Geral

Prosperidade de bilionários impulsiona grande desigualdade global

Segurança

BPFron apreende 35 pistolas, 51 carregadores e oito mil munições

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)