Gente X Poder

Coluna

| 21/12/2013 - 00:00

Depósitos
A 20ª Regional de Saúde enviou mensagem ontem sobre a matéria de capa desta Gazeta a respeito do impasse com a Casa de Saúde Bom Jesus, onde a empresa nega ter recebido R$ 560 mil do órgão estadual. O chefe da 20ª Regional enviou e-mail com uma lista de datas e valores que teriam sido repassados ao Bom Jesus ao longo deste mês de dezembro, totalizando R$ 379 mil, a título de “comprovantes de depósito”.
Valores
A mensagem traz cópia de e-mail de Olavo Gasparin, diretor executivo do Funsaude, que elaborou a lista com os valores pagos à HOESP-Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná. A princípio a entidade é filantrópica e arrenda o hospital da Casa de Saúde Bom Jesus, à qual repassa valor mensal pelo arrendamento. A sua gestão porém está a cargo da própria família Okano, assim como o Bom Jesus, o que praticamente descarta a possibilidade de o dinheiro ter sido enviado à HOESP e não ser de conhecimento do Bom Jesus.
Coletiva
Na parte da tarde a Casa de Saúde Bom Jesus chamou entrevista coletiva de sua superintendente, Michelle Okano Anzanello, que manifestou-se pela primeira vez desde o inicio dos desentendimentos com o governo estadual. Ela voltou a afirmar que não recebeu os valores divulgados na véspera, o que teria motivado a divulgação da relação de pagamentos no valor de R$ 379 mil em dezembro por parte da 20ª Regional de Saúde.
Exigências
Segundo a mensagem enviada por Odacir Fiorentin a esta Gazeta, além dos R$ 379 mil os demais recursos serão pagos após o atendimento dos pontos apontados pela Vigilância Sanitária ou assinatura do TAC fixando prazo para isso junto ao Ministério Público. “(...) os demais recursos deverão ser repassados assim que a HOESP efetuar a entrega da documentação para credenciamento no Ministério da Saúde e/ou TAC - Termo de Ajustamento e Conduta com Município de Toledo da Neuro e UTIs Geral tipo II e Neonatal.”, aponta o documento.
Responsabilidades
“Importante salientar que não é responsabilidade do Estado do Paraná ( independentemente de Governo ) pagar por serviços de UTIs e Alta Complexidade”, afirma o documento da 20ª Regional de Saúde. Ele prossegue afirmando em letras totalmente maiúsculas que tal atribuição é “sim do Ministério da Saúde, que não tem culpa porque a documentação necessária para credenciamento não chegou até lá por problemas acima já relatados”, finaliza a nota emitida por Odacir Fiorentin, diretor da 20ª Regional da Saúde de Toledo. No final da tarde também a Prefeitura de Toledo manifestou-se a respeito da polêmica em “Nota de Esclarecimento” que reproduzimos na íntegra na página ao lado.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Uso da máquina

O lixo, os cemitérios e a dengue

Monitorados sim ou não?

Hospital Regional ou Municipal?

Assédios

BINGO! Atingiu R$ 2.372 milhões de prejuízos na EMDUR

Recadinho aos “bajuladores”

Alceu Dal Bosco apto a candidatura

Abandonado!

Bingo!

Mais Destaques
"ultrapassamos os 13 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)