Editorial

Plano Diretor abre uma nova caminhada de Toledo

| 15/09/2016 - 00:01

A decisão da Câmara Municipal votando em turno final na segunda-feira os quatro projetos do Plano Diretor de Toledo deve encerrar a revisão das leis que regulam o uso e ocupação dos espaços urbanos na cidade e interior, uma vez que não devem ocorrer vetos por parte do Poder Executivo. A decisão do Poder Legislativo estabelece as grandes linhas que vão orientar a expansão de Toledo nos próximos anos, viabilizando o planejamento e orientando os futuros investimentos na sede urbana e das principais comunidades do interior do município. A marca que fica da discussão e definição a respeito do Plano Diretor é a da participação, que mostra que há grande acompanhamento e interesse no planejamento municipal. Além disso, porém, esta definição deve também balizar grandes investimentos públicos e privados que estão em andamento ou já sendo preparados. É o caso da duplicação da rodovia BR 163, que vai marcar a parte Norte da cidade, dos viadutos que facilitarão ao acesso à rodovia e ao Centro de Eventos Ismael Sperafico e à área onde se espera os investimentos federais na nova pista e terminal do aeroporto ou, caso estes sejam cortados de vez, na ampliação futura dos serviços aéreos no município e região.
O Plano Diretor de Toledo porém representa também a demarcação das grandes linhas que orientarão a implantação do centro tecnológico na região de Novo Sobradinho, um investimento de grande porte que deverá transformar a economia e as perspectivas de Toledo e região. Ocupando uma área de quase 200 alqueires o tecnoparque pretende reunir empresas, laboratórios e universidades e instituições ligadas à pesquisa aplicada e tecnologia e assim gerar um núcleo que deve receber mais de R$ 100 milhões de investimentos iniciais mas que deve atrair e gerar um volume ainda maior de recursos através do trabalho de ponta que ali deve rá ser desenvolvido. A definição do Plano Diretor portanto não é um fim, mas sim o início de uma nova caminhada que deverá transformar o cenário toledano e regional nos anos que virão. Este investimento portanto deve polarizar os já em andamento e ainda vários outros que virão no futuro e que transformarão o cenário desta região do município e a própria economia de Toledo e região.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Editorial'

Meu ponto de vista sobre o aumento do IPTU em Toledo.

Mais Destaques

Regional

Mel torna-se produto principal em curso de receitas saudáveis no Oeste do Paraná

AgroGazeta

MPF quer proibir transgênicos resistentes ao glifosato

Estado

Paraná é terceiro estado que mais cadastra doadores de medula

Variedades e Gente

Lançamento do Junho Verde

Gente X Poder

O sumiço dos meus “urubus” e o IML

Política

Maia ameaça cortar salário de deputados em obstrução

Cidade

Engenharia recupera edifício interditado em Toledo

"ultrapassamos os 13 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)