Editorial

Facebook para Jornalismo: rede social lança projeto para se aproximar da imprensa

| 13/01/2017 - 00:01

Ciente de que conta com milhões de internautas espalhados pelo mundo que valorizam “compartilhar e discutir ideias e notícias”, o Facebook dá neste início de ano passo que visa estreitar o relacionamento de sua comunidade com a imprensa espalhado em todo o mundo. É o “Projeto Facebook para Jornalismo”, apresentado pela equipe da empresa controlada por Mark Zuckerberg nesta quarta-feira, 11. O objetivo principal do programa será “assegurar que um ecossistema saudável de notícias” ganhe força no ambiente virtual, conforme ressalta a própria rede social.
A companhia americana explica no lançamento que o projeto chega para ser uma via de mão dupla: com profissionais de mídia e empresas do setor levando aprendizado para o time da rede, por exemplo. “Hoje anunciamos um novo programa para estabelecer laços mais fortes entre o Facebook e a indústria jornalística. Nós vamos colaborar com empresas de notícias para desenvolver produtos, aprender com jornalistas quais são as melhores formas para criar parcerias e vamos conversar com publishers e educadores para entender como podemos ajudar as pessoas a se tornarem leitores informados na era digital”, relata a equipe do Facebook.
A rede social informa que o “Projeto Facebook para Jornalismo” com três núcleos principais. O primeiro será voltado à “colaboração no desenvolvimento de novos produtos”. Nessa frente, que envolverá os departamentos de produto e engenharia da companhia norte-americana, serão desenvolvidos processos conjuntos para que, por exemplo, determinadas atividades e inovações dos veículos de comunicação sejam implementadas.
O segundo núcleo do “Facebook para Jornalismo” ganhou o nome de “treinamento e ferramentas para jornalistas”. Como fica explícito na nomenclatura, a divisão cuidará de fornecer cursos e ferramentas para os profissionais que atuam na imprensa. “Iremos expandir esses treinamentos para nove idiomas adicionais, entre eles Português e Espanhol, e vamos ter uma parceria com a Poynter para lançar um currículo certificado para jornalistas nos próximos meses”, informa a companhia, que adianta: a ferramenta Crowdtangle – ferramenta que ajuda editoras a rastrear como seu conteúdo se espalha na web, mensura a performance de matérias nas redes sociais e identifica influenciadores – passa a ser gratuita a partir e agora.
Área que pode ser considera desmembrada do segundo núcleo aqui relatado do novo projeto do Facebook, a terceira divisão foi batizada de “treinamento e ferramentas para todos”. A rede social explica que ao se aproximar dos jornalistas e das empresas de mídia, todas as pessoas presentes no ambiente virtual terão acesso a novos conhecimentos e serviços. Para o público em geral, porém, o foco da companhia tecnológica será voltado ao “discernimento de notícias” e, por outro lado, o “esforço permanente para combater boatos”.
“Isso é apenas o começo de nosso esforço — nós temos muito mais para fazer. O Projeto Facebook para Jornalismo funcionará como o eixo central de nossos esforços para promover e apoiar o jornalismo no Facebook, e iremos disponibilizar atualizações de nossas iniciativas aqui”, finaliza a equipe da empresa de Mark Zuckerberg ao anunciar o seu mais novo trabalho à imprensa e ao mercado.
AUTOR Anderson Scardoelli
Jornalista e pós-graduando em "Jornalismo Digital"
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Editorial'

Meu ponto de vista sobre o aumento do IPTU em Toledo.

Mais Destaques

Segurança

BPFron apreende 35 pistolas, 51 carregadores e oito mil munições

Geral

Prosperidade de bilionários impulsiona grande desigualdade global

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)