Artigos

Rir de si mesmo, quem nunca?

| 26/01/2017 - 00:01

Em conversas informais esta semana, o assunto “rir de si mesmo” pautou 3 almoços distintos em momentos igualmente diferentes.
A conclusão é que rir de si mesmo é um aprendizado contínuo, e que não brota da noite para o dia. “Rir de si mesmo” não é somente seguir ao pé da letra a frase destacada entre aspas. Rir de si mesmo é permitir-se errar sem demasiada cobrança, é confessar uma condição possível a qualquer um, como narrar uma dor de barriga havida no meio de uma conferência; se virar com humor diante da cena dantesca. É não levar para o lado pessoal, é não se estressar porque as coisas não saíram à sua moda. É experimentar sair do conforto mesmo que isso resulte em “pagar O mico” do ano. A vida passa, esse ano do mico também, e o que sempre fica são as recordações com afeto.
Cuidemos melhor desses contratempos da vida, sorvendo as possibilidades como a própria seiva da vida.
Rir é sempre um excelente lenitivo, e de si mesmo, asseguro, além de libertador, te livra da vala comum dos que se acham importantes.
“Todos os homens são comuns, mas só os extraordinários é que sabem disto.”
G. K. Chesterton
Ana Luiza Alves Lima
Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Santos (UniSantos-SP); Pós-graduado em Gestão de Seguros
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

A velha política

Xadrez Político: A necessária troca do tabuleiro

Imediatamente deixaram tudo e seguiram Jesus

Os reflexos da violência na sociedade

Pela trilha do século passado

Brasil: a imperfeita separação dos poderes

“Mestre, onde moras? Vinde e vede”. E permaneceram com Ele

Ministra Cristiane Brasil, berço e judicialização como retrato da política do país

Complexo do colonizado

O ensinamento de Jesus liberta e salva

Mais Destaques

Cidade

Professor paranaense concorre ao “Oscar” da categoria, em Dubai

Esporte

Toledo foi melhor e fez seu papel de vencer o “clássico da soja” em casa.

Geral

Cármen Lúcia suspendeu temporariamente posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho

Economia

Déficit da Previdência equivale a 2,8% do PIB

Gente X Poder

Três perguntas aos gestores de Toledo, se é que podem me responder?

AgroGazeta

Chuvas trazem atraso na colheita, ferrugem e perda de produtividade

Cultura

Os livros trazem boas notícias para a cultura

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)