Opinião

Nuvem pública ou privada: para qual eu devo ir?

| 22/02/2017 - 00:01

Por Bruno Faustino
A chave para o planejamento de uma migração para nuvem bem-sucedida é garantir que os requisitos de negócios direcionem o plano de migração. Serviços de nuvem públicas e privadas têm decepcionado algumas organizações simplesmente porque as escolhas de tecnologia foram colocadas à frente das exigências do negócio.
Mas você está realmente recebendo todo o benefício econômico que a nuvem é capaz de promover? Talvez não!
De certo, se você está na nuvem, então provavelmente já está colhendo os ganhos imediatos de tempo mais rápido na implantação, acesso self-service para os desenvolvedores e a capacidade de ampliar suas soluções quando a demanda cresce. Estes são os valores fundamentais dos ambientes na nuvem.
Analisando o modelo econômico das nuvens, é possível reduzir os custos significativamente, mas você realmente está tirando o máximo do novo modelo econômico? De acordo com ferramentas de otimização de custos como Cloudyn, solução SaaS (Software as a Service) para monitoração e otimização dos ambientes de nuvens públicas, privadas e híbridas, cerca de 70% dos clientes não estão. Com isto chegamos à conclusão que antes de iniciar a jornada para nuvem, é necessário ter um bom alinhamento com a estratégia de negócio da sua empresa.
Sendo assim, sua organização deve criar um documento que eu chamo de CDG (do inglês Cloud Decision Guide). Para montá-lo é necessário entender corretamente o seu negócio e cada caixa de decisão será um requisito que você deverá responder para chegar à conclusão sobre qual é o melhor modelo para determinado workload que você deseja migrar.
A partir de perguntas que envolvem compliance e segurança, SLA, se existe equipe interna com conhecimento, se precisa controlar a infraestrutura, entre outras questões, é possível utilizar o CDG para avaliar se a sua nuvem precisa ser privada ou pública e se é necessário adotar serviços gerenciados. O modelo garante uma transição mais segura para o alcance do projeto desejado de migração para a nuvem, o que, consequentemente, apoiará as necessidades de negócios da empresa de acordo com a sua demanda, sem fazer deste processo um passo inconsistente.
BRUNO FAUSTINO _é diretor de tecnologia e novos negócios da SONDA, maior integradora latino-americana de Tecnologia da Informação.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Opinião'

Elogios para atendimento na UPA

A fadiga democrática

As “pedaladas” do Lúcio

As ovelhas escutarão a minha voz e haverá um só rebanho e um só Pastor

Olinda Fiorentin foi sondada para ser candidata a deputada

Apenas 60% das empresas da feira shopping são de Toledo.

Mensagem: Ciscopar x Gestão

Brasil rejeita os extremismos: nem Bolsonaro nem Boulos

Uso da máquina

O lixo, os cemitérios e a dengue

Mais Destaques

Cultura

Toledo recebe hoje Projeto Integrado de Música e Dança

Gente X Poder

Elogios para atendimento na UPA

Estado

Ricardo Soavinski é inidicado para a Sanepar

Política

PP é um dos partidos mais investigados na Lava Jato

Esporte

Paraná Clube vai enfrentar um adversário em crise

Geral

Acordos da CGU podem devolver R$ 10 bilhões aos cofres públicos

Regional

Prefeitura de Marechal Rondon abre inscrições para Teste Seletivo Simplificado

Cidade

Conselho do Plano Diretor discute pautas da Câmara

"ultrapassamos os 13 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)