Cultura

Pacto de Ano Novo

| 31/12/2013 - 00:00

Pacto de Ano Novo

Ano Novo, vida nova? Depende da maneira como você vai encarar os “novos dias” que começam em janeiro

Quando o mês de dezembro vem chegando, quase todas as pessoas são tomadas por uma doce esperança – exceto aquelas pessoas pessimistas para as quais nada está bom.
Esta “doce esperança” é o fruto do Espírito do Natal presente nos corações daqueles que têm fé; a esperança nos empurra para frente apesar de todas as dificuldades.
Assim, em nome deste novo ânimo que vem junto com o Ano Novo, temos uma vontade imensa de que aconteçam coisas diferentes, vontade de fazer tudo diferente. Que tal fazer um pacto de Ano Novo?
Primeiro, xô mau humor. Rir é o melhor remédio.
Que tal dar uma boa revirada nas gavetas e armários? Pode parecer bobagem, mas organizar e livrar-se das coisas que não estão sendo úteis fará uma grande diferença. Vai liberar mais espaço e dar uma grande sensação de limpeza e conforto.
Comece pelo seu guarda-roupa. Separe todas as peças de roupa e sapatos os quais não usa há algum tempo. Doe; existem muitos necessitados.
Limpe os armários, coloque saches perfumados nos cantinhos e dispositivos contra o mofo. Depois arrume as roupas (aquelas que realmente você usa) em seus lugares. Depois das folgas de final de ano, vai ser uma alegria começar janeiro com armários e gavetas limpas.
Faça o mesmo com os armários da cozinha. Que atire a primeira pedra quem não guarda embalagens, potes, vidros e copos de conservas etc etc. A ordem é reciclar, avalie aquilo que realmente usa no dia a dia, o que sobrar doe. Procure entidades, ou pessoas, no seu bairro que façam trabalhos manuais ou adoram fazer doces, geleias e conservas que receberão com carinho copos, vidros e potes os quais você vem armazenando.
Sabe aquelas fotos que estão guardadas dentr o de um livro, ou no fundo de uma gaveta? Junte todas e coloque-as num álbum; ficará mais fácil rever aqueles momentos que mereceram serem registrados.
Ainda não tem um jardim? É hora então de colocar flores em sua vida. Se não exatamente um quintal para isso, recorra às floreiras e vasos. Dá até para cultivar árvores frutíferas e ter uma horta. Ponha sua criatividade para funcionar.
Dê uma olhada na decoração da casa e procure um cantinho que possa ser só seu, com uma cadeira confortável, no qual poderá sentar-se tranquilamente e ler um livro. Reserve um tempo para suas leituras prediletas, fará um bem enorme à sua alma. Acredite.
E quanto a você? Mude de atitude.
Comece a reparar nas pessoas à sua volta. Cumprimente todos quando chegar ao elevador, por exemplo. Um sorriso de “Bom Dia” ou de “Boa Noite” não custa nada e pode render muito. Seja grato, ou grata, às pessoas, diga “Muito Obrigado” a tudo e a todos.
Cultive o perdão. Procure esquecer as mágoas, no seu íntimo, perdoe àqueles que te ofenderam, já ouviu dizer que “cultivar ressentimentos, envenena o fígado”? Pois é, este tipo de sentimento faz mal a si mesmo. Perdoe. Não alimente fofoca e maledicências.
Faça planos para uma viagem com a família, com o seu amor ou com os amigos. Queria conhecer um determinado lugar, vá em frente; parcele o pagamento, economize todo mês e não deixe o sonho engavetado.
Invista em atividades físicas; faça caminhadas, ande de bicicleta e procure alimentar-se de maneira saudável. Imagine a alegria de emagrecer alguns quilinhos!
Acima de tudo, procure ser feliz. Independente de sua opção religiosa cultive a sua fé. Não se estresse com coisas inúteis e lembre-se de que o Criador em tudo nos provê.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

A tecnologia a favor da cultura

Cultura contribui mais do que recebe do Estado

Homenagem a Oscar Silva relembra o primeiro livro de Toledo

Lançada campanha “Cultura gera futuro”

Dia Mundial do Compositor

Há cinquenta anos era lançado o primeiro livro em Toledo

Oscar Silva: Primeiro livro de Toledo foi lançado há 50 anos

A arte nas encruzilhadas da vida

Dia de festa para um dos maiores nomes de nossa música

Memórias do rock: toledanos foram detidos a caminho de festival

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)