Editorial

Um ano de conquistas apontando para grandes perspectivas

| 31/12/2013 - 00:00

O ano de 2013 chega ao seu final em Toledo com muitas realizações a serem comemoradas, além de diversas etapas superadas em metas que veem sendo buscadas e ainda desafios que se definiram a partir do que foi alcançado ao longo destes doze meses.
Entre as metas atingidas certamente está a sinalização favorável ao curso de Medicina por parte da Universidade Federal do Paraná, que mostrou disposição de somar-se neste projeto e vem reforçar uma série de investimentos feitos na área de saúde ao longo dos últimos anos.
Esta manifestação integra projetos da instituição, do governo federal e da região que se revelam complementares e inclusive abre caminho para que outros se somem futuramente, como já começa a ser sinalizado por instituições que acompanham esta luta há tempos e agora sentem a conjunção de forças necessária para viabilizar a proposta. Se o anúncio representou uma conquista enquanto etapa de uma luta já histórica também significa o surgimento de novos desafios a serem vencidos no sentido de concretizar o amplo projeto, que exige vários investimentos e esforços até sua plena concretização.
Além desta, porém, Toledo também tem a comemorar a conquista da futura fábrica de medicamentos genéricos de exportação aos EUA, da Prati-Donaduzzi, que lança o setor num novo momento e gera 500 novos empregos, além da perspectiva de implantação de um novo frigorífico de peixes da Gomes da Costa, novos cursos superiores nas instituições locais e doutorados na Unioeste e os investimentos do Senai e UTFPR na área técnica e tecnológica, entre outros.
Na área de infraestrutura o futuro aeroporto, a possibilidade de um terminal ferroviário e a duplicação da BR-163 também vêm somar-se e dar formas palpáveis ao desenvolvimento que se percebe nas ruas e estradas do interior asfaltadas, na cidade limpa e organizada e nos debates e discussões apontando para soluções em áreas como lixo reciclável, preservação do solo e água e outras.
Toledo sempre esteve à frente no debate e na busca de soluções para os desafios do campo e da cidade e esta postura rendeu a realidade que temos hoje e também as perspectivas para o futuro. No novo ano que está por vir esta postura deve ser mantida e valorizada, pois da troca de ideias surgem soluções melhores e aí estão os 67 anos de Toledo para provar isso.
Esta Gazeta de Toledo veio somar-se para aproximar problemas e soluções, levantamento de desafios e propostas definidoras, discussões e conclusões, viabilizando o debate construtivo, a discussão produtiva e a troca que soma para todos através da visão aberta para grandes soluções vindas de boas discussões dos problemas gerais. Que no próximo ano saibamos trilhar este caminho e colher os bons frutos existentes ao longo de seu traçado. Um feliz 2014!
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Editorial'

Meu ponto de vista sobre o aumento do IPTU em Toledo.

Mais Destaques

Cultura

Dia de festa para um dos grandes violonistas do país

Variedades e Gente

Material escolar também pode estimular a criatividade e organização nos estudos

Política

Porto Alegre vive clima de apreensão com julgamento de Lula

AgroGazeta

Matéria prima com origem gera alimentos com qualidade

Gente X Poder

Das três perguntas feitas á administração* de Toledo e que ainda estão sem respostas, vamos engrossa

Geral

Prosperidade de bilionários impulsiona grande desigualdade global

Segurança

BPFron apreende 35 pistolas, 51 carregadores e oito mil munições

Esporte

Toledo enfrenta o Foz hoje

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)