Variedades e Gente

Saiba quais são os celulares em que o WhatsApp vai parar de funcionar em 2018

| 28/12/2017 - 21:20

Saiba quais são os celulares em que o WhatsApp vai parar de funcionar em 2018

Se você é daqueles que mantém um celular antigo, vale a pena conferir bem a versão atual do seu sistema operacional para não ficar sem o WhatsApp em 2018.
O serviço de mensagens mais popular do mundo deixará de funcionar em alguns smartphones a partir do dia 1º de janeiro. A razão é que ele já não desenvolve suporte operacional para essas plataformas, o que faz com que elas não sirvam mais.
Sistemas operacionais, assim como aplicativos, costumam ter diversas atualizações pequenas durante todo o ano, e pelo menos uma grande, em que a versão do programa muda.
De acordo com o site do WhatsApp, os sistemas que já não serão compatíveis a partir do novo ano são aqueles que operam nos sistemas BlackBerry, OS 10 e no Windows Phone 8.0.
“Apesar de esses telefones terem feito parte da nossa história, eles não oferecem a capacidade necessária para expandir as funções do nosso aplicativo no futuro”, disse a empresa.
Esses sistemas operacionais se somam à lista daqueles em que o WhatsApp já não opera: versões do Android anteriores à 2.3.3, Windows Phone 7, iOS 6 (nos iPhones 3GS e abaixo) e Nokia Symbian S60.
Funções limitadas
A empresa alerta também que já não faz suportes para outras plataformas como os Nokia S40 ou os sistemas operacionais Android 2.3.7.
Isso significa que, mesmo que no momento esses telefones consigam continuar mandando e recebendo mensagens instantâneas, algumas funções podem parar de funcionar a qualquer momento.
Por exemplo, não será possível criar uma conta nova, nem voltar a verificar uma já existente, se esses telefones não tiverem o aplicativo já baixado.
A empresa encoraja os usuários do aplicativo a adquirir um novo modelo de celular com sistema Android 4.0 ou superior, Windows Phone 8.1 ou superior ou um iPhone com iOS 7 ou superior.
O WhatsApp hoje tem mais de 1 bilhão de usuários ativos, segundo dados da própria empresa, que pertence ao Facebook.
É sem dúvida o serviço de mensagens instantâneas mais popular do mundo, seguido pelo multitarefas chinês WeChat. Outros, como o Telegram, não superam os 100 milhões de usuários, de acordo com dados recolhidos em fevereiro deste ano.
“Queremos concentrar nosso esforço nas plataformas que a maioria das pessoas usam e, apesar de às vezes termos que tomar decisões difíceis, temos que dar às pessoas a melhor forma de se comunicarem com os seus”, afirma o WhatsApp em seu blog.

    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Variedades e Gente'

Mulheres precisam de mais horas de sono do que os homens

Sábado de brilho e diversão

48 horas na Serra de Ibitipoca (MG)

Tendências para o inverno 2018

Bem Estar & Mindfulness:

Cataratas receberam mais de 32 mil turistas no feriado de Páscoa

Escola de dança de Curitiba vai representar o Brasil na Disney

Mais Destaques

Geral

Conta de luz aumentará com venda da Eletrobrás, dizem especialistas

Gente X Poder

Apenas 60% das empresas da feira shopping são de Toledo.

Opinião

Mensagem: Ciscopar x Gestão

Estado

Mesmo vaga, vice-governadoria consumirá R$ 50 mil por mês em comissionados

Regional

São José das Palmeiras comemora 33 anos com festa

Economia

Como declarar conta do banco no Imposto de Renda 2018

Cidade

Marina Elali apresenta-se no Teatro nesta sexta e anuncia desejo de ser mãe

"ultrapassamos os 13 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)