Cidade

Réveillon: 2018 foi recebido com muita festa e show pirotécnico

| 02/01/2018 - 20:45

Réveillon: 2018 foi recebido com muita festa e show pirotécnico

Um céu colorido marcou a chegada de 2018 em Toledo. O Réveillon Popular, que oferece uma opção gratuita de entretenimento para comemorar a passagem de ano, reuniu uma multidão de pessoas no Parque Ecológico Diva Paim Barth. Foram 17 minutos de queima de fogos. O show pirotécnico terminou com aplausos do público.
O cenário ao entorno do Lago Municipal era de famílias animadas para brindar a chegada de 2018. Estima-se que aproximadamente 30 mil pessoas participaram das festividades.
A programação oficial ficou por conta da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, de Inovação e Turismo. Antes da queima de fogos, um som ambiente deu boas vindas ao público. Como parte da programação, as famílias também puderam enviar mensagens de texto que foram divulgadas durante o evento. De acordo com a Secretaria de Segurança e Trânsito. que garantiu a segurança do público. não houve ocorrências durante a festividade. A comemoração contou com o apoio das Secretarias de Comunicação, Meio Ambiente e Habitação e Urbanismo.
O engenheiro civil Maurício Massao Koyama Vilas Boas foi um dos que levaram a família para curtir a Virada de Ano no Parque Ecológico. Segundo ele, foi uma ótima opção de lazer para estar com a família. “Estava tudo muito bom, segurança, banheiros químicos em número suficiente, além da bela apresentação de fogos”.
Fonte: Sec. Com. Mun. De Toledo
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Indústrias melhoram performance e ampliam participação no mercado

Sebrae e parlamentares querem derrubar veto ao Refis de micro e pequena empresa

Governo construirá cinco restaurantes populares no Interior, inclusive mais um em Toledo

Parque do Povo, uma opção de lazer ao ar livre

MTE emitiu quase 5 milhões de carteiras de trabalho em 2017

Saúde licita quase R$ 8 milhões para aquisição de medicamentos e materiais hospitalares

Últimos casos autóctones de febre amarela no Paraná foram em 2008

Operação Quadro Negro: TCE quer ressarcimento de devolução à União

Projeto de geração compartilhada de energia tem início em Toledo

Veto ao refis para micro e pequenos pode excluir empresas do Simples

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)