AgroGazeta

Feijão no Paraná é devastado pelas chuvas e preços já sentem os efeitos

| 03/01/2018 - 20:15

Feijão no Paraná é devastado pelas chuvas e preços já sentem os efeitos

As chuvas dos últimos dias decretaram perdas importantes com efeitos imediatos nos preços. Microrregiões do Paraná relatam devastação total de lavouras. Isso é mais grave do que as perdas de maio/junho de 2017, uma vez que as lavouras estão em outra fase. Produtores que haviam recebido ofertas por R$ 80 na semana do dia 18 ouviram ofertas de até R$ 95 no final da semana passada, no Paraná. Com uma área menor de plantio, na primeira safra a cada ano, somam-se as perdas por excesso de chuvas neste momento e não serão poucas. O prejuízo dos produtores na Região Sul será totalmente avaliado nos próximos dias. Ao que tudo indica, neste cenário, quem tem produto nota 8 acima provavelmente encontrará compradores ávidos agora no início de janeiro. As apostas são de forte valorização já nos primeiros dias deste mês. As previsões dos meteorologistas não são animadoras. Até o dia 14 de janeiro, segundo os meteorologistas, somente durante três dias não choverá. Assim, as perdas poderão rapidamente ser ainda piores na Região Sul. As lavouras que começam a ser colhidas no Centro Oeste deverão encontrar facilidade de negociação.
A tendência de queda pode ser revertida nos próximos dias no Feijão-preto também. Diversos empacotadores vinham tomando o cuidado de diminuir estoques, na expectativa da colheita deste período. No entanto, é bem possível que o os produtores comecem a informar como estão as lavouras a partir de hoje. Os levantamentos devem ser retomados a partir de hoje e deverão confirmar as informações que circulam nos grupos Clube Só Feijão do WhatsApp, que indicam sérias perdas. A movimentação dos empacotadores poderá inclusive se voltar para a Argentina. As referências deverão se formar durante o dia.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Excesso de chuvas traz prejuízos à safra de soja no oeste do Paraná

Clássico da Soja em dose dupla terá estreia de Paulo Baier e preliminar com ex-atletas

IAP e Polícia Ambiental desmontam esquema de extração ilegal de palmito

CNA promove debate sobre financiamento para o agronegócio

Frango Vivo: quedas em SP, MG e SC e alta no PR

Blairo Maggi diz que ‘a princípio’ deixará governo em abril

Produtores de soja atrasam comercialização de nova safra

Início da colheita da soja impacta nos preços e prêmios no BR

Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais

Justiça considera interdição do Ibama irregular e libera aviões

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)