Regional

Ciclista de Nova Santa Rosa realiza sonho e pedala até Curitiba

| 03/01/2018 - 20:15

Ciclista de Nova Santa Rosa realiza sonho e pedala até Curitiba

Um ciclista de 18 anos, morador da pequena cidade de Nova Santa Rosa, região oeste do Paraná, realizou seu sonho e uma façanha, distante da realidade de muitos jovens da sua idade ou mesmo desportistas mais velhos. Daniel Mensch Roth, que não é atleta profissional, saiu de sua cidade de bicicleta no dia 26 de dezembro, às 23h50, debaixo de muita chuva, com destino à capital paranaense, Curitiba, onde chegou quatro dias depois, percorrendo um total aproximado de 640 quilômetros, bem a tempo de passar a virada do ano na capital. “O mundo é muito grande e eu pretendo torna-lo menor à minha forma; viajar é um sonho e para mim uma realização”, explica o jovem ciclista, sobre que o motivou a fazer a viagem de bicicleta. Ele revela que o próximo projeto, para 2019, é iniciar uma volta ao mundo de bicicleta.
Entre as principais dificuldades durante a viagem, Daniel destaca a chuva, o cansaço e alguns problemas técnicos com a bike. Por outro lado, a viagem em si foi recompensadora. Ele registrou dezenas de momentos, paisagens, lugares e pessoas que conheceu durante sua aventura. “As paisagens que pude ver e sentir a satisfação de poder estar ali; e ter conhecido tudo aquilo fez o meu esforço valer a pena”, destaca o ciclista.
Durante seus quatro dias na estrada, pedalando sob sol e chuva, Daniel pernoitou em cidades como Nova Laranjeiras, Palmeira e finalmente em Curitiba, onde se hospedou em um hotel para descansar da viagem.
Na capital paranaense ele aproveitou para conhecer alguns pontos turísticos, fez novos contatos e sobrevoou a cidade de helicóptero.
Até o domingo (07) ele pretende estar de volta a sua casa em Nova Santa Rosa, mas teve que mudar seus planos de voltar pedalando. “Eu ia voltar de bike, mas a Rictv Record quer me entrevistar e tem uma empresa interessada em me conhecer e talvez conversarmos sobre a possibilidade de um patrocínio”, explica Daniel.
AUDAX
É isso mesmo, o nova-santa-rosense chamou a atenção da imprensa e de empresas e pode realizar outro sonho, que é participar da Audax, uma prova de resistência, com categorias para atletas participarem de provas que vão de 100 quilômetros até 1.200 quilômetros. “Essa é a maior prova de ciclismo em distância no País”, garante Daniel.
Incentivo da professora
Ele explica que não é atleta e não tem equipe, mas pratica cicloturismo há cerca de dois anos. Porém, a ideia de levar o ciclismo a sério surgiu a pouco mais de nove meses, pelo incentivo de sua professora do Ensino Médio Nilse Hitz. Desde então ele começou a considerar a possibilidade de transformar o esporte em algo mais sério.
Determinado
Quando questionado sobre o porquê, de fato, decidiu levar mais a sério ele responde: “Difícil dizer. Sempre fui muito teimoso e determinado. Acho que a ideia de levar a sério surgiu quando disseram para mim que isso era uma perca de tempo e um desperdício de energia. Isso me motivou a mostrar, a provar o quanto eu poderia superar os meus limites e de qualquer um”, conta Daniel.
Volta ao mundo
Ele garante que a viagem para a capital paranaense é somente o começo. “Não pretendo parar por aqui. Eu vou dar uma volta ao mundo. Esse é meu sonho, meu objetivo e nada, nem ninguém vai me dizer que não sou capaz ou que é difícil de mais para mim. Estou sempre tentando superar meus limites e vou conseguir, não importa o quão difícil seja ou as pedras que vou encontrar no caminho. Eu vou chegar lá e ninguém vai me dizer que não”, enfatiza Daniel.
Para quem tem um sonho ele dá a dica. “Lutem, persistam e não desistam. O sucesso depende da sua persistência e da sua crença naquilo que você quer”, finaliza o ciclista.
Fonte: A Gazeta Web
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Abertas as inscrições para o Miss Marechal Rondon 2018

Cascavel fecha principal avenida para atividades aos domingos

Ex-prefeita e Provopar de Assis Chateaubriand devem restituir R$ 3,6 mi

Saúde rondonense comemora aquisição de novos veículos

Investimentos na Pecuária em Engenheiro Beltrão/PR

Prazo para pedido de isenção do IPTU começa na segunda-feira

Ecoponto rondonense amplia horário de atendimento

Criança de 3 anos morre após ser picada por escorpião

Licitação garante compra de equipamentos para UBS

Marechal Rondon e Emater firmam parceria

Mais Destaques

AgroGazeta

Matéria prima com origem gera alimentos com qualidade

Variedades e Gente

Material escolar também pode estimular a criatividade e organização nos estudos

Cidade

Municípios receberão R$ 6,6 bi da participação no ICMS em 2018

Gente X Poder

Das três perguntas feitas á administração* de Toledo e que ainda estão sem respostas, vamos engrossa

Geral

Prosperidade de bilionários impulsiona grande desigualdade global

Esporte

Toledo enfrenta o Foz hoje

Cultura

Dia de festa para um dos grandes violonistas do país

Segurança

BPFron apreende 35 pistolas, 51 carregadores e oito mil munições

"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)