Cultura

Dia de festa para um dos grandes violonistas do país

| 23/01/2018 - 20:50

Dia de festa para um dos grandes violonistas do país

Hoje é dia de festa para um dos maiores nomes de nossa música. Há 38 anos nascia em Passo fundo (RS) o violonista e compositor Yamandu Costa, um dos nomes mais promissores da música brasileira, que desde cedo demonstrou vocação e talento para dedilhar instrumentos de corda.
Filho da cantora Clary Marcon e do multi-instrumentista e professor de música Algacir Costa, Yamandu foi criado na cidade gaúcha de Guaíba, onde aos sete anos começou aprender a tocar violão. Até os quinze anos, sua única escola musical era a música folclórica do Rio Grande do Sul, Argentina e Uruguai. Entretanto, com o passar do tempo o músico foi experimentando outros estilos e se aprimorando, tornando-se uma revelação do violão brasileiro. Em seu repertório, ele incorporou o choro, bossa nova, milonga, tango, jazz, samba e chamamé.
Graças à influência sofrida por vários estilos e às interpretações de rara personalidade no seu violão de sete cordas, não há uma corrente musical que defina o estilo de Yamandu. Porém, mesmo com segmento indefinido, o músico se desponta em todos os trabalhos que realiza.
Em seu aniversário parabenizamos Yamandu Costa, pela obra criada, que embala e causa admiração em brasileiros de todos os cantos do país.
Fernando Baldi Braga
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Cooarte promove curso de artesanato na próxima semana

Músico de Toledo lança disco em Nova Iorque

Escritora Hilda Hilst será homenageada na FLIP

“5E” realiza audição para selecionar novos dançarinos

Encontro reunirá fabricantes artesanais de instrumentos musicais

Um herói que se levantou no passado e é lembrado hoje

Abertas inscrições para os cursos da Casa da Cultura

Com o samba ele conquistou o Brasil

“Modernizar o passado é uma evolução musical”

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)