AgroGazeta

Arábia saudita e China reaquecem compras e elevam exportação

| 09/02/2018 - 20:54

O reaquecimento das compras de carne de frango brasileira por parte da Arábia Saudita e da China garantiram uma pequena recuperação das exportações da proteína em janeiro/18. No mês passado, os envios da carne de frango in natura a todos os destinos somaram 323,3 mil toneladas, 3,1% a mais que em dezembro/17, mas 9% abaixo da quantidade de janeiro/17. O maior comprador da carne de frango brasileira, a Arábia Saudita, importou 54,1 mil toneladas de carne de frango in natura em janeiro, o maior volume desde março/17, 15,4% acima do de dezembro/17, mas 7,1% abaixo do de janeiro/17. A China, por sua vez, deve manter ou até mesmo ampliar as compras internacionais em 2018. Em janeiro, o Brasil embarcou 34,3 mil toneladas de carne de frango ao país asiático, volume 25% maior que o de dezembro/17, mas 13,1% abaixo do de janeiro/17. Os dados são da Secex. Quanto ao mercado interno, segundo levantamento do Cepea, no atacado da Grande São Paulo, os cortes mais usuais de churrasco, como coração, drumet e asa, registram queda de preços entre 1 e 8 de fevereiro, enquanto os mais consumidos no dia a dia, como filé e peito, apresentam altas.
Fonte: Cepea
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Coamo tem receita global de R$ 11,07 Bi e distribui R$318 mi em sobras aos seus mais de 28 mil assoc

Chuva pode afetar colheita da soja na maior parte do Brasil

Plataforma otimiza uso de recursos hídricos em bacias hidrográficas

Produtores de milho estão com um olho no silo e outro na safrinha

Malásia virá ao Brasil em junho para habilitar plantas frigoríficas, diz ministério

Demanda interna fraca e queda nas exportações de carne suína

Encontro de verão reúniu cooperados de toda área de ação da Coamo

Agroindústrias de Cascavel receberam selo de origem familiar

Arábia saudita e China reaquecem compras e elevam exportação

Show Rural Coopavel: lançamentos da Embrapa atraíram os produtores

Mais Destaques
"Dirigiu bêbado e foi pego, ANOTE AI: é crime sem fiança! A pena mínima é de CINCO ANOS de reclusão, perde a careteira de motorista definitivamente e essa pena NÃO se pode converter mais em prestação de serviços, ou seja, vai ficar PRESO! "
(Governo Federal)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)