Cultura

Experiência de Toledo no gerenciamento do PAA será relatada em um livro

| 26/01/2014 - 00:00

Experiência de Toledo no gerenciamento do PAA será relatada em um livro

Primeiro município paranaense a aderir ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no estado, Toledo foi referência na forma com que gerenciou os recursos e sua aplicação. Este trabalho rendeu à administração municipal um convite para participar do Seminário Internacional PAA no Ano Internacional da Agricultura Familiar, em Brasília, no Distrito Federal, no dia 4 de fevereiro. Participarão do encontro o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, José Augusto de Souza, e presidente da Entidade Assistencial Dorcas, Nelson Kissler.
José Augusto informou que Toledo foi precursor do sistema que atualmente é empregado em praticamente em todo o Brasil para a aquisição dos alimentos do PAA. “No início se comprava por oferta. O agricultor que fazia o cadastro tinha uma quantidade de produtos e a administração municipal adquiria estes itens em sua totalidade. Isso gerava desperdício de recursos e também de alimentos, já que nem tudo era consumido pelas entidades assistenciais credenciadas e órgãos municipais”.
Contrapondo este sistema, o município começou a comprar somente o que atendesse a sua demanda. “O que a Cozinha Social e as entidades socioassistenciais necessitavam ficava com a prefeitura e o restante o produtor rural poderia comercializar com outras pessoas ou até mesmo com supermercados”. Na época, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) chegou a questionar este tipo de gestão, porém houve o entendimento de que este formato se adequava melhor para o PAA.
A experiência toledana que ganhou o Brasil será relatada no livro PAA - 10 Anos de Aquisição de Alimentos. O lançamento deste material acontece durante o encontro e contará com a presença dos autores dos artigos, o organizador e representantes das experiências relatadas. Também será realizada a Mostra Fotográfica PAA - 10 Anos de Aquisição de Alimentos. “Estarei lá, acompanhado do presidente da entidade assistencial Dorcas, Nelson Kissler, que vai representar todas as entidades assistidas pelo PAA em Toledo”, comentou José Augusto.
Renda para os produtores cadastrados
Para José Augusto, o PAA é uma fonte de renda importante para os agricultores familiares. “É um Programa consolidado e distribui recursos para os produtores durante todo o ano”. O secretário comentou que atualmente o pagamento é feito diretamente pelo MDS, em contas bancárias particulares, não contando mais com o intermédio do poder público municipal. “Até 2012, havia um convênio entre o Ministério e prefeitura, e o município gerenciava os repasses. No final daquele ano o sistema foi modificado e o governo federal passou a fazer o pagamento direto na conta dos agricultores. O que percebemos é que os produtores estão satisfeitos com esta nova forma de repasse”.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Projeto itinerante usa teatro para conscientizar crianças no trânsito

Balé Teatro Guaíra abre as comemorações dos 50 anos

Living Legends traz espetáculo internacional para Foz do Iguaçu

Atrações culturais vão movimentar o fim de semana em Toledo

Artistas e produtores analisam mudanças na Lei Rouanet

Aquário Municipal estará fechado na sexta-feira Santa e no domingo de Páscoa

Exposições do MON estão entre as mais visitadas do mundo

Crianças comemoram Dia do Livro Infantil em Novo Sarandi

“Museu em Ação” leva público recorde ao Ecomuseu

Foz do Iguaçu faz parte do circuito de estreia do filme Los Silencios

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)