Estado

Prefeitos conhecem ferramenta para planejamento das cidades

| 28/03/2015 - 00:01

Prefeitos conhecem ferramenta para planejamento das cidades

Prefeitos da Região Metropolitana e Curitiba e de alguns municípios da região Sul do Estado conheceram esta semana o Sistema Sedu/Paranacidade Interativo. Trata-se de uma plataforma web para gestão e planejamento urbano municipal, que possibilita estabelecer critérios e priorizar os investimentos em cada local das cidades.
O superintende do Paranacidade, da Secretaria do Desenvolvimento Urbano, Wilson Bley Lipski, explica que “é uma ferramenta inédita no País e que representa uma evolução na gestão pública”.
O secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, defende uma nova prática. “Estamos, aos poucos, implantando uma nova cultura de gestão no Paraná. O sistema ajuda projetar o futuro dos municípios a longo prazo, uma verdadeira revolução de gestão”, resumiu Ratinho Junior.
Os prefeitos reunidos em Curitiba para conhecer o sistema vão enviar, em 7 de abril, técnicos de diferentes áreas que serão capacitados a criar novos elementos, definir informações técnicas para preparar dados que possam ser inseridos no sistema e, assim, organizar melhor seus bancos de dados. As informações serão usadas para planejar o futuro das cidades. “Este sistema vai beneficiar principalmente os municípios que, por lei, terão que fazer parte das Regiões Metropolitanas a serem implantadas no Paraná e a exercitar a gestão plena e integrada entre eles, com estrutura de governança”, explica o coordenador de Projetos do Paranacidade, Jeronimo Meira.
No dia 7, os municípios participantes já deverão trazer informações de todas as áreas, como saúde, educação e segurança. Meira explica que esta ferramenta possibilita detectar as prioridades. “A população vai entender a importância desse sistema, facilitar intervenções e somar bons projetos para beneficiar a coletividade”, afirma Meira.
APROVAÇÃO – O presidente da Associação dos Municípios da Região Suleste do Paraná (Amsulep), Milton Paizani, também prefeito de Rio Negro, elogiou a iniciativa. “O governo estadual está nos disponibilizando uma ferramenta moderna, prática e avançada que será muito útil para o desenvolvimento de todos os municípios”, disse.
Para a prefeita da Lapa, Leila Klenk, o Sistema Sedu/Paranacidade Interativo é muito valioso para os municípios, principalmente para os pequenos, sem condições de arcar com mais custos e sem equipe técnica para trabalhar um banco de dados, tão necessário ao planejamento das cidades. “Com esta ferramenta nós vamos poder democratizar e otimizar a gestão, além de contribuir com novas ideias para maior desenvolvimento humano e urbano”, destacou.
“Teremos uma ferramenta avançada que colocará os pequenos municípios em condições de igualdade, diante dos grandes, para o desenvolvimento urbano e de todas as outras áreas”, disse o prefeito de Quitandinha, Márcio Oliveira.
NA PRÁTICA – Ao utilizar o Sedu/Paranacidade Sistema Interativo, os técnicos municipais poderão formular políticas públicas voltadas ao planejamento e à gestão do território urbano e à implantação de infraestruturas, equipamentos e serviços públicos.
“Nós fazemos uma leitura da cidade, depois ordenamos e orientamos para a melhor aplicação da verba. Esse sistema servirá para a uniformização da linguagem em todos os municípios. As necessidades podem ser identificadas com clareza e agilidade, além de complementar dados locais de uma cidade e servir como base para outras”, explica o coordenador de Projetos do Paranacidade, Jeronimo Meira.
O macrozoneamento que o sistema possibilita ajuda a identificar áreas de mananciais, tipo de solo, ventos e outros componentes necessários para indicar, com segurança, por exemplo, quais as melhores áreas para a instalação de indústrias ou de ocupação habitacional, além de outras necessidades urbanas.
O Sedu/Paranacidade Sistema Interativo foi apresentado em 2014 aos 36 municípios paranaenses mais populosos, com a proposta inicial voltada à definição da metodologia do Sistema Viário, já que 70% a 80% de recursos a fundo perdido, distribuídos pelo Governo do Estado, pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano são destinados à pavimentação.
Nesta metodologia foram estabelecidas classificações e definições das vias urbanas, a partir de conceitos do Código de Trânsito Brasileiro, o objetivo de auxiliar no uso do Sistema. Também facilita a gestão do Plano Diretor Municipal e permite o planejamento de setores como Cultura, Saúde, Turismo, Lazer, Administração, Esporte, Educação.
Como é um trabalho contínuo de atualização de dados, em parceria com as prefeituras, o Sedu/Paranacidade Interativo será apresentado gradativamente a todos os municípios do Paraná.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Estado'

Empreiteira Endeal Engenharia é homenageada pelo Ministério da Justiça

Nova lei assegura recursos para o programa de tarifa rural noturna

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)