Gente X Poder

Coluna

| 20/12/2013 - 00:00

Encerramento
A Câmara Municipal encerrou ontem as sessões extraordinárias realizadas para apreciar uma série de projetos de leis do Executivo e dos vereadores visando limpar a pauta deste fim de ano. Foram votados e aprovados em segundo turno cinco projetos do Executivo e dois dos vereadores na sessão de quarta-feira e ainda três em primeiro turno. Ontem os três projetos voltaram para a votação final, sendo aprovados por unanimidade.
Mudanças
O Projeto de Lei nº 252 porém voltou a provocar polêmica ente o vereador Neudi Mosconi e o o vereador Ademar Dorfschmidt, líder do Governo. O projeto altera o Código Tributário e Mosconi considerou que ele dá com uma mão e tira com a outra, pois dá isenção para transferência de imóveis de baixo valor mas lá na frente eles estarão registrados para cobrança de IPTU, enquanto Ademar considera que os benefícios são reais.
Alíquota intermediária
Uma das mudanças é que é eliminada a alíquota de 1,5% de IPTU para os imóveis em construção, ficando apenas as faixas de 1% para os imóveis sem construção e de 2% para os já construídos. A justificativa é que a alíquota de 1,5% foi criada quando a Prefeitura de Toledo estava em crise no início da gestão de Derli Donin como forma de estimular a construção civil, o que agora não seria mais necessário.
Bom Jesus
A sessão porém acabou debatendo também a decisão da Casa de Saúde Bom Jesus de suspender o atendimento na UTI via SUS até que o Estado pague os valores que ele prometeu. Eles complementariam os recursos pagos pelas prefeituras e consórcio de municípios, além do governo federal, os quais a princípio estariam em dia.
R$ 350 mil
Ademar Dorfschmidt informou que em contato com o deputado Ademir Bier ele disse que seriam depositados ontem R$ 350 mil na conta do hospital. Já Expedito Ferreira disse que manteve contato com a deputado Rose Litro e ela também ficou de empenhar-se no sentido de resolver o impasse.
Suplência
Ademar por sinal comentou que manteve contato com Ademir Bier e Nereu Moura e registrou que as mudanças na bancada o colocam agora como quinto suplente de deputado estadual. A situação parece ter animado ainda mais o vereador a buscar uma vaga de deputado no ano que se aproxima. Só falta combinar com os partidos aliados.
Errata
O valor repassado à Casa de Saúde Bom Jesus na semana passada, conforme informado pela 20ª Regional de Saúde, foi de R$ 220 mil e não R$ 22 mil como veiculado na edição de ontem desta Gazeta. Assim, o total repassado pelo governo estadual, com os R$ 340 mil previstos para serem depositados ontem, atinge o valor de R$ 560 mil e não R$ 362 mil como veiculado.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Comunicado aos bandidos e ao MP

Vetada campanha política na câmara de Toledo

Ação Civil acusa Betto Lunitti e Rogerio Massing de uso de escola para campanha eleitoral de 2016

Expo Toledo - Comitê

O cão, o rabo e as pernas

Expo Toledo

Expo Toledo não pode ficar à mercê só da SRT

EXPO TOLEDO é de Toledo ou da SRT ? Nossa autoridades irão aceitar tal "fracasso" ?

Quem e como foi pago o hotel?

Monocrático X Colegiado?

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)