Estado

Moradores conhecem e aprovam Parque Linear do Rio Marreco

| 08/08/2015 - 00:01

Moradores conhecem e aprovam Parque Linear do Rio Marreco

Aproximadamente 50 pessoas dos bairros Gisela, Anápolis e Pasquali participaram de uma audiência pública na quarta-feira (05), na Secretaria de Saúde de Toledo. O objetivo era apresentar e discutir o projeto da 1ª etapa do Parque Linear Rio Marreco. Serão investidos R$ 816 mil, sendo que R$ 768.944,00 serão financiados pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e R$ 48 mil em recursos próprios sairão. A previsão é de que as obras sejam concluídas em seis meses.
Segundo o prefeito Beto Lunitti, o Parque proporcionará à população momentos de conexão com a natureza, trazendo inúmeros benefícios sociais e ambientais. “O modelo de Parque Linear traz consigo a filosofia de que as pessoas que o frequentam são as vigilantes e cuidadoras daquele local, evitando que intervenções humanas degradantes ocorram despercebidas”, salientou o prefeito.
Os secretários da Fazenda, Neuroci Frizzo, do Planejamento Estratégico, Jadyr Donin, e do Meio Ambiente, Leoclides Bisognin, apresentaram o projeto e os detalhes da proposta. Na ocasião, além dos moradores, também estiveram presentes o promotor de Justiça Geovani Ferri, o presidente do Conselho de Meio Ambiente, Robert Hickson, outros conselheiros e lideranças comunitárias.
O secretário da Fazenda e coordenador do Programa da AFD, falou sobre o Programa da Agência Francesa, que faz parte da política ambiental do Governo Municipal, que visa preservar e conservar os recursos hídricos e proteger a biodiversidade local. Ele explicou que esse é um investimento que ficará disponível para toda população de Toledo em breve, e que será pago ao longo de 15 anos, a partir de novembro de 2017. Também esclareceu dúvidas da comunidade quanto a isenção de IPTU das áreas de preservação, as quais são isentas deste imposto desde que estejam averbadas.
Ele também destacou que o programa da AFD prevê implantação de outros parques, entre eles o Parque Linear do Rio Toledo; o Linear da Sanga Pinheirinho (em execução); o Linear da Sanga Panambi - 2ª etapa (em execução) e o Linear do Rio Marreco (1ª etapa).
Além dos parques lineares serão implantados os Parques da Araucária, no Jardim Concórdia, do Parizotto, no Jardim Parizotto, Genoveva Pizzatto, no Jardim Panorama, os quais contribuirão para preservação, segurança, lazer, socialização além de propiciar estímulos à prática de atividades físicas, já que em todos os parques estão previstos ciclovias, pistas de caminhadas, academias, bancos e parquinhos infantis.
O promotor de justiça Giovani Ferri e o presidente do Conselho do Meio Ambiente esclareceram questões pertinentes as áreas de preservação ambiental, referente aos limites das Áreas de Preservação Permanente (APPs) às margens dos cursos d’água, que de acordo com o Código Florestal é de 30 metros.
“Esta audiência foi uma oportunidade da comunidade conhecer o projeto e realizar sugestões. Esse encontro foi muito positivo, inclusive tivemos o projeto aprovado por unanimidade pela comunidade, tal como foi proposto”, declarou a diretora de Projetos da Secretaria de Planejamento e responsável pelo desenvolvimento do projeto, arquiteta Stella Fachin.
O prefeito Beto Lunitti encerrou a audiência, destacando que o papel da administração é promover espaços de lazer e convivência social. Segundo ele, estes investimentos estão previstos na política ambiental do Governo Municipal, com o objetivo de favorecer o desenvolvimento sustentável e o bem estar das pessoas.
O projeto
O Parque Linear terá 16.413,84 m² de área e está localizado ao lado do Centro Municipal de Educação Infantil Dalva Nogueira; em frente ao imóvel destinado a construção de um Colégio Estadual; e a 100 metros da sede da Secretaria de Saúde, tornando o local propício a atividades voltadas a educação ambiental, ao descanso e contemplação da natureza. No que se refere aos recursos hídricos, o Rio Marreco representa um importante curso d’água a ser conservado, devido ao seu volume de água e seu histórico de sobrevivência perante as intensas alterações do ambiente natural devido à expansão urbana.
Os processos de drenagem, e as práticas de tubulação dos mananciais, entre outros processos de aterramento destas áreas, fez com que surgissem problemas envolvendo diminuição do volume de água nos afloramentos drenados; maior ocorrência de enchentes nos locais ocupados; e diminuição no volume de água dos corpos hídricos antes alimentados pelas áreas úmidas.
Com o objetivo de aumentar a contribuição pluvial ao rio e a área de infiltração d’água, na Rua Uruguai, que passa em frente ao Parque Linear, será construído um calçadão de média permeabilidade em paver para o trânsito exclusivo de pedestres, além da utilização de piso permeável com capacidade de infiltração de 93% na área de construção da Praça com pergolado e na área de instalação da Academia.
O canal onde passa o rio permanecerá aberto, e para isto, será construído um guarda-corpo em seu entorno visando a segurança dos usuários, além de uma ponte para pedestres que passará por cima do canal. Serão plantadas 200 árvores de espécies nativas ao longo das margens do rio, enriquecendo a área verde já existente, além de espécies para compor a arborização urbana junto às calçadas. O plantio das mudas será conduzido conforme as normas do Plano Municipal de Arborização Urbana.
A implantação da primeira etapa do Parque Linear do Rio Marreco terá a finalidade de minimizar os impactos ambientais, garantir o uso e ocupação de solo correto às margens do Rio, valorizar os recursos naturais, promovendo a conservação do ambiente, sua fauna e flora nativa.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Estado'

Empreiteira Endeal Engenharia é homenageada pelo Ministério da Justiça

Nova lei assegura recursos para o programa de tarifa rural noturna

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)