Gente X Poder

Gente & Poder

| 30/04/2016 - 00:01

Concessões
O Observatório Social de Toledo informou sexta-feira que a Promotoria da Justiça de Proteção ao Patrimônio Público de Toledo, representada pelo promotor Sandres Sponholz, atendeu representação formulada pela entidade sobre a concessão de uso do Centro de Eventos Ismael Sperafico para duas empresas. O Ministério Público celebrou com o Município de Toledo, o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) 001/2016, anulando a concessão.
Vacinas
Instalações do Centro de Eventos Ismael Vicente Sperafico haviam sido cedidas em concessões de uso às empresas Vacci-Vet Inc. e Prevtec Microbia Inc. para desenvolvimento de vacinas na área agropecuária. O TAC foi firmado em razão da não realização de licitação, ferindo princípios da administração pública.
Na Câmara
Aliás, já está na Câmara Municipal o Projeto de Lei n º 54, que revoga as concessões de uso das dependências do Centro de Eventos Ismael Sperafico às duas empresas. As instalações são uma casa de 81m² junto ao Centro de Imprensa Aroldo Martan e uma sala de 47,30m² junto ao Pavilhão de Indústria e Comércio. Não foi informado como ficam os projetos das duas empresas em Toledo.
Movimento
Por sinal o Centro de Eventos volta a movimentar-se neste final de semana com a festa do Seminário Maria Mãe da Igreja, que será realizada no local no domingo. Com as obras de duplicação da BR 163 o público oriundo da cidade terá que seguir por sobre o viaduto, ir ao trevo para Assis Chateaubriand e Palotina e retornar. O acesso será feito no retorno, antes do trevo, pela estrada lateral que dá nos fundos do Centro de Eventos e que normalmente é usada para a saída do local.
Espaço
O evento na verdade vai deixar mais clara a situação complicada dos acessos aos Centro de Eventos, que também tem problemas com a falta de espaço para estacionamento. Com a urbanização no seu entorno e a não desapropriação de áreas vizinhas a situação tende a agravar-se.
Verbas
Na segunda-feira a Câmara Municipal começa a apreciar dois projetos de lei que preveem suplementações orçamentárias de R$ 7,696 milhões. Parte dos recursos é relativa a uma operação de financiamento junto à Agência de Fomento do Paraná para aquisição de maquinários rodoviários, que foi autorizada pela Câmara em 2014.
Corte
Na época foi autorizada operação no valor de R$ 6,35 milhões, mas agora foram autorizados apenas R$ 2 milhões. A informação do Paranacidade enviada dia 8 é de que foram liberados R$ 2 milhões via SFM-Sistema de Financiamento de Ações nos Municípios .
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Guardas Municipais em Brasília

Eleições no Progressistas

Médicos sem especialidade atendendo no Ciscopar?

Progressistas tensos?

A revolta dos “togados”

CPI do lixo

Liberação de recursos do estado

Minirreforma?

Troca-troca e demissão avista?

Quem será o vice-prefeito?

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)