Editorial

Integração da cidade e interior é uma boa opção para Toledo

| 05/09/2016 - 00:01

A Câmara Municipal entrou nesta semana na fase final da apreciação dos projetos do Plano Diretor de Toledo, que após uma década está sendo ajustado para continuar orientando a vida toledana nos próximos anos. A revisão deve preparar o município para seu futuro próximo, especialmente no tocante ao cresc imento urbano, com expansão populacional e orientação dos investimentos futuros visando assegurar a continuidade da qualidade de vida que Toledo tem buscado ao longo de sua trajetória. O desafio atual é enfrentar os efeitos do crescimento dos últimos anos, quando Toledo superou os 100 mil habitantes e encaminha-se rapidamente para chegar aos 150 mil moradores mas precisa manter e até ampliar as condições de vida na cidade e interior. O equilíbrio entre a população da área rural e da urbana é justamente um dos problemas atuais e futuros, mas Toledo tem as bases para buscar alternativas diferenciadas no tocante ao convívio e integração entre as comunidades da cidade e a realidade urbana.
As ligações asfaltadas no interior de Toledo perm item a ligação rápida e segura entre a cidade e a maioria dos distritos e localidades. Estas características de rapidez e segurança porém são limitadas quanto a novas formas de transporte que ganham espaço entre a população por sua ligação com hábitos saudáveis e que precisam ser considerados para o futuro. A extensão das ciclovias ao interior, aproveitando as atuais rodovias rurais mas com características adequadas às suas menores exigências quanto à resistência a peso e velocidade dos veículos. A implantação de meios que garantam segurança ao trânsito de bicicletas, patinetes, motocicletas e outros meios certamente pode ser uma caminho para tornar o interior e sua tranquilidade e qualidade de vida mais atrativos à população urbana e assim criar um mecanismo de incentivo à redistribuição populacional, aproveitando uma infraestrutura disponível em várias comunidades. O interior de Toledo conta com água encanada, energia elétrica, internet, escolas, saúde e outros serviços e uma ligação facilitada com a cidade e o conhecimento desta realidade, além dos preços menores dos imóveis interioranos, certamente podem ser fortes estímulos para atrair moradores que não possuem exigências diárias quanto a deslocamentos. O Plano Diretor pode ser um mecanismos nesse sentido e certamente Toledo terá muito a ganhar com incentivos nesta área.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Editorial'

Meu ponto de vista sobre o aumento do IPTU em Toledo.

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)