Cultura

Biblioteca Pública oferece alternativas de leitura nas férias

| 23/12/2016 - 00:01

Biblioteca Pública oferece alternativas de leitura nas férias

Com um acervo de cerca de 42 mil livros, entre pesquisa, literatura infanto-juvenil, literatura brasileira e estrangeira, a Biblioteca Pública Municipal, no Centro Cultural Oscar Silva, é uma alternativa de leit ura neste período de férias. A instituição conta com quase 20 mil leitores cadastrados e realiza uma média de 35 mil empréstimos por ano. No mês de janeiro (em função das férias de funcionários e de estagiários), o atendimento será de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.
Para retirar livros, é necessário ter a carteira de sócio. O processo para a produção do documento é simples. Basta apresentar um documento pessoal (RG ou certidão de nascimento) e comprovante atual de endereço. A carteira é gratuita e emitida no mesmo dia.
A auxiliar bibliotecária Loreci Beal lembra que o leitor pode emprestar até dois livros de literatura, dois livros juvenis e dois gibis por até 15 dias. “Outros livros o empréstimo é de uma semana, podendo renovar por mais uma. Os livros de literatura e juvenil podem ser renovados por mais 15 dias. Nas férias recebemos muitos visitantes, alguns levam os livros para ler em casa e outros preferem ler na Biblioteca. Estamos recebendo muitas famílias que passam por boa do tempo lendo livros”, diz.
A leitura para algumas pessoas pode ser uma necessidade profissional, por convicções religiosas ou políticas. Tem também quem escolhe a leitura por prazer. Hoje, as oportunidades de acesso aos livros estão mais fáceis e a diversidade de títulos para crianças, adolescentes e adultos, é muita. Ler é uma atividade lúdica. Quando uma criança começa ter contato com o livro, fica encantada com os desenhos e as cores. Isso estimula a criança a desenvolver a imaginação, emoções e sentimentos de forma prazerosa e significativa.
Literatura para todas as idades
Para as crianças, e até mesmo os adultos as histórias em quadrinhos são a maior diversão. “Os gibis atraem por suas ilustrações e histórias curtas. As crianças que iniciam lendo gibis, certamente se tornam boas leitoras. O importante é incentivar o hábito de leitura. Os adultos também gostam de ler gibis, alguns ficam a tarde toda na Biblioteca lendo gibis. Nesta semana recebemos uma doação da coleção de gibis Tex e foi muito elogiado e a agradou a muitos adultos”, afirma Loreci Beal.
A Gibiteca da Biblioteca Pública Municipal tem um acervo em torno de 6.683 gibis com diversos títulos: Mônica, Magali, Cascão, Cebolinha, Chico Bento, Turma da Mônica Jovem, Tio Patinhas, Lanterna Verde, Homem-Aranha, Liga da Justiça, Os Vingadores, X-Men, Homem de Ferro & Thor, Superman, Wolverine, Universo DC e Batman.
Apesar de expressivo, o número não é suficiente para atender a demanda. Por conta disso, a Biblioteca Pública solicita a doação voluntária de dois exemplares para os pequenos leitores. A Biblioteca também está aberta a doações, tanto exemplares novos como usados, porém em boas condições.
Entre os adolescentes, na faixa dos 10 aos 14 anos, a preferência é por textos de humor, situações inesperadas ou suspense. Os textos são escritos de forma simples e objetiva e a história deve conter início, meio e fim capaz de prender o leitor até o final da história.
Para os leitores adultos os gêneros mais procurados são: romance, ficção e auto-ajuda. A leitura permite que o leitor adquira novos conhecimentos, desenvolva sua inteligência, ajude a extravasar seus sentimentos, exercitar a memória e o raciocínio.
Segundo Loreci Beal, a decoração de Natal do local está chamando a atenção. “Este ano decidimos decorar a Biblioteca com árvores secas e um tipo de neve e também com cortinas nas vidraças. Muitos que passam pelo espaço querem tirar fotos de recordação”, diz.
A Biblioteca está localizada na Avenida Tiradentes, 1165, no centro, e disponibiliza computadores para atendimento à pesquisa escolar e à comunidade em geral.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Artista nova-santa-rosense expõe no Museu Dom Severino Kögl

Princesa do Japão visita o Paraná

Cascavel e Foz recebem Camerata Antiqua de Curitiba

Sai o resultado final do segundo edital do Profice

Abertas as inscrições para a seleção do FERMOP

Atores e dançarinos de Toledo terão chance de se profissionalizarem

MON realiza homenagem a Carlos Eduardo Zimmermann

Exposição no Paraná resgata a história de Ryo Mizuno

Ação e comédia na Mostra de Teatro de Quatro Pontes

Prêmio Paraná de Literatura prorroga inscrições

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)