Gente X Poder

Gente & Poder

Sérgio Ferreira | 26/01/2017 - 00:01

Gente & Poder

Agenda de quem?
A recente visita do ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), sua esposa, vice governadora, Cida Borgheti (PP), em Toledo, trouxe boas notícias para a saúde regional, mas também rendeu muitas dúvidas e reclamações. Afinal quem promoveu o evento? Governo Federal? Partido Progressista? Prefeitura de Toledo? Governo do Estado?

Reclamações
Vereadores da oposição disseram não receber convite. “Uma pena não ter vindo convites para os vereadores, fiquei sabendo agora”, escreveu Marcos Zanette (PDT) no grupo do whatsapp da Gazeta de Toledo. “O ministro não é do presidente Temer e nem do PP, estes caras não tem vergonha na cara, o ‘mau-caratismo’ é uma marca dessa gente”, disparou o vereador Leoclides Bisognin, do PMDB, partido do Temer. As críticas também foram seguidas em tom de ironia pelos vereadores Antonio Zoio (PSL) e Genivaldo Paes (PDT).

Dalbosco atento a tudo
O super secretário, Alceu Dalbosco, Fazenda e Captação de Recursos, Chefia de Gabinete e Comunicação, além de acumular as três pastas, demonstrou estar atento a tudo. Ao perceber a razão das críticas ele de pronto responde no grupo: “A título de informação, os convites de hoje foram feitos pelo ministério da Saúde. Foi dirigido aos 18 prefeitos e secretários de saúde da 20ª Regional de Saúde. A prefeitura de Toledo foi convidada. Não tínhamos nenhum convite para estender a ninguém”.

Isonomia
Alceu, mesmo sendo do PP, agiu com aparente isonomia, ao retirar da prefeitura a responsabilidade de organização do evento, que cometeu este enorme ato falho ao não convidar os vereadores. Acredita-se, que se fosse um evento promovido pela administração municipal todos seriam tratados com espírito republicano que Dalbosco sempre preservou.

Pepezada!
O evento com o ministro e sua esposa ‘pepista’ foi realizado no auditório da ACIT e teve como mestre de cerimônias um dos coordenadores de campanha da comunicação do atual prefeito Lucio de Marchi (PP). O evento contou com a presença dos deputados estadual, Schiavinato (PP) e federal, Sperafico (PP), além de vários prefeitos e lideranças políticas da região, grande parte, filiados ou aliados ao Partido Progressista. Será que um evento do Governo Federal, que é da República Federativa do Brasil, não deveria ser mais plural e democrático?

O convite
A Gazeta de Toledo teve acesso ao convite expedido pelo Ministério da Saúde. Parece mais convocação para uma caravana política de campanha. Leia: “Caros, gostaria de sua presença e cooperação para o roteiro que faremos anunciando os recursos para a saúde já publicados. O roteiro será: Sexta-feira - Cornélio Procópio (9h), Ponta Grossa (11h) e Pato Branco (17h). Sábado - Paranaguá (10h). Segunda-feira - Paranavaí (9h), Cianorte (13h) e Campo Mourão (17h). Terça-feira - Umuarama (9h), Cascavel (13h) e Toledo (17h).” O ministro ofereceu a prefeitos até lugar no avião para quem quisesse acompanhá-lo juntamente com sua esposa, tudo pago com dinheiro público.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Comunicado aos bandidos e ao MP

Vetada campanha política na câmara de Toledo

Ação Civil acusa Betto Lunitti e Rogerio Massing de uso de escola para campanha eleitoral de 2016

Expo Toledo - Comitê

O cão, o rabo e as pernas

Expo Toledo

Expo Toledo não pode ficar à mercê só da SRT

EXPO TOLEDO é de Toledo ou da SRT ? Nossa autoridades irão aceitar tal "fracasso" ?

Quem e como foi pago o hotel?

Monocrático X Colegiado?

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)