Gente X Poder

Entenda o caso Ciscopar!

| 31/05/2017 - 18:00

Entenda o caso Ciscopar!

Em assembleia realizada na prefeitura de Toledo, com a presença do anfitrião, prefeito de Toledo, Lucio de Marchi, Prefeito de São José da Palmeiras e presidente do Ciscopar, Gilberto Salvador, prefeito de Marechal Cândido Rondon, Marcio Rauber, e da atual diretora Marlei entre outros, ficou decidido: Irão aplicar penalidades aos líderes do movimento “funcionários de carreira sim”. Para isso, irão abrir uma sindicância para apurar os fatos mas, o recado foi bem claro, independente dessa sindicância, vai ter penalizações aos líderes do movimento.
O caso Ciscopar I
Para você entender: No dia 17 de março desse ano, cerca de 80% dos funcionários do Ciscopar de Toledo realizaram um manifesto contrário a mudança da gestão do consórcio. Já tinha sido nomeada uma pessoa da cidade de Santa Helena, que era da área, mas atendia, e “muito bem” os interesses do prefeito de São José Das Palmeiras, Gilberto Salvador, atual diretor do Ciscopar. A peleja se dava para que um funcionário de carreira fosse nomeado e não por indicação de “político”, como queriam a época. Pois, é, continua uma funcionária de carreira, mas, foram os políticos que a nomearam e Walter Donassollo, funcionário de carreira, e profundo conhecedor do sistema, foi destituído e substituído por Marlei Friedrich. Muitas águas irão rolar pelas “guias” da saúde. Creio que estas possíveis “penalizações”, não venham acontecer, devido a “ovos” do caminho, ou do “ninho” estar podres e vai feder até nos sítios.
Valter Donassolo nomeado
Depois de ser destituído do cargo de diretor do Ciscopar, cargo esse de carreira e que a maioria dos funcionários daquela autarquia o apoiavam, Valter Donassolo foi nomeado através da portaria Nº 284, de 8 de maio de 2017 no cargo em comissão de Diretor do Departamento de Projetos e Desenvolvimento Habitacional da Secretaria de Habitação e Urbanismo do Município de Toledo. Sempre se dá um jeitinho, mesmo que o limite prudencial esteja extrapolado, prevalecem os mandos políticos do grupo.
Ninguém a quer por perto
Uma motorista esta se tornando problema para os demais colegas de classe. Dizem que ela, mais atrapalha do que ajuda, e por ser de difícil convívio, já foi lotada em varias secretarias e não se ajeita. Em poucos dias já pedem sua transferência para outro setor devido a sua intempestividade e gênio forte. Digamos um “problema em pessoa”, onde até seu esposo já esteve falando com o prefeito no sentido de sabe-se lá, acomodá-la em outra atividade. Detalhe, o cargo é de confiança e segundo os que a conhecem, ela não precisa desse trabalho. Os demais motoristas estão possessos.
Tornozeleiras eletrônicas
O projeto de lei nº 98/2017, dos deputados Marcio Pacheco (PPL) e Gilbert Ribeiro (PRB), que propõe que os apenados que usam equipamentos de monitoramento eletrônico paguem pelos aparelhos, teve votação adiada nessa terça-feira. A iniciativa seria uma forma de amenizar os gastos do Estado com tornozeleiras eletrônicas usadas por quem cumpre penas em regime semi-aberto ou prisões domiciliares. O relator do projeto na CCJ, deputado Fernando Scanavaca (PDT), manifestou-se pela constitucionalidade e legalidade da iniciativa, porém o deputado Luiz Claudio Romanelli apontou possível vício de iniciativa, pelo que a proposta seria então inconstitucional. Ele afirmou que proposta deste teor deve partir exclusivamente do Poder Executivo. Ao final da discussão, o presidente da CCJ, deputado Nelson Justus (DEM), acatando sugestão do deputado Pedro Lupion (DEM), propôs o adiamento da discussão para a próxima reunião.
Dezem e Toledo fora?
Rota do Vinho – Foi aprovada ainda a emenda da Comissão de Turismo sobre o projeto 602/2016, dos deputados Maria Victoria (PP), Anibelli Neto (PMDB) e Chico Brasileiro (PSD), que acrescenta mais dois municípios à lista para a instituição da Rota do Vinho do Paraná. Leônidas Marques e Salgado Filho passariam assim a integrar o roteiro, para estimular as cadeias da produção vinícola em várias regiões do estado. Uma pena, temos qualidade.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Ação Civil acusa Betto Lunitti e Rogerio Massing de uso de escola para campanha eleitoral de 2016

Expo Toledo - Comitê

O cão, o rabo e as pernas

Expo Toledo

Expo Toledo não pode ficar à mercê só da SRT

EXPO TOLEDO é de Toledo ou da SRT ? Nossa autoridades irão aceitar tal "fracasso" ?

Quem e como foi pago o hotel?

Monocrático X Colegiado?

07 de julho, dia Internacional do Cooperativismo

Incompetência generalizada no comando do CISCOPAR devolve R$1.589.697,55 por falta de projetos.

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)