AgroGazeta

Programa de qualificação de viveiristas alavanca produção nacional de mudas de videira

| 10/08/2017 - 21:50

Programa de qualificação de viveiristas alavanca produção nacional de mudas de videira

Ações previstas no Programa Mudas de Qualidade, coordenado pela Embrapa, resultaram em aumento de 22% de vinhedos formados a partir de mudas comerciais desde 2012 quando foi iniciado no Sul do Brasil. No mesmo período, observou-se redução nas importações de mudas em 9%. Além disso, o Cadastro Vitícola registrou pela primeira vez, desde o início dos levantamentos, decréscimo de 13% da produção de mudas na propriedade e do plantio de mudas em pé-franco (quando o produtor não utiliza porta-enxerto e apenas planta a variedade copa retirada das plantas do próprio vinhedo).
Apenas no Rio Grande do Sul, maior estado produtor de uvas, a comercialização dos cinco viveiristas acompanhados pelo programa triplicou desde 2012 e, este ano, eles somaram mais de um milhão de mudas produzidas. “Cabe destacar que a renovação de vinhedos e a formação de novas áreas é um processo lento na fruticultura, porém os dados já apontam uma sensível melhora de indicadores estagnados há anos,” conta Daniel Grohs, engenheiro-agrônomo da Embrapa Uva e Vinho (RS) à frente do Programa Mudas de Qualidade, que reúne instituições públicas e privadas. Ele também ressalta que a redução das importações é um indicador relevante, pois mostra que especialmente o setor vinícola está valorizando a tecnologia nacional.
Isso foi possível graças ao protocolo de produção estabelecido pelo programa que resultou em mudas de qualidade superior. Para apoiar sua adoção, uma ampla rede de transferência foi utilizada para sensibilizar produtores sobre os benefícios do plantio de mudas obtidas nos viveiros credenciados pelo programa. As recomendações técnicas subsidiaram a elaboração de um padrão que está sendo regulamentado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para o setor. O sucesso da estratégia fez aumentar o número de viveiros credenciados, que já são dez no Brasil, e, apenas no Rio Grande do Sul, promoveu aumento de 6% ao ano na comercialização de mudas, desde a implantação do programa.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Soja brasileira cai pressionada por Chicago e Dólar

Primeiro semestre fechou com grande queda na exportação de frango

Embarques de frango têm desempenho fraco em 2018

Especialistas dizem que nova doença do milho demanda cautela e pesquisas

Entidade busca socorro para setor de aves e suínos

Frango, ovo, milho e inflação em junho de 2018

Cai preço da soja para exportação

Uso de minerais orgânicos favorece performance e sustentabilidade na aquicultura

Iapar confirma nova doença em lavouras de milho no Estado

A volta do sarampo: ‘é como mergulhar na idade das trevas’

Mais Destaques

Estado

Sancionada lei que incorpora gratificação a aposentadoria de docentes

Política

Eleitor já pode pedir voto em trânsito

Regional

Audiência em Toledo sobre desapropriação no entorno da BR-163

Gente X Poder

Uma campanha “Legal”

Cultura

Atores e dançarinos de Toledo terão chance de se profissionalizarem

Geral

Inscrições para Fies estão abertas

Variedades e Gente

Feicoop bate recorde de público com 302 mil visitantes

Cidade

Faciap reúne centenas de jovens

"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)