AgroGazeta

Agropecuária perde mais de 21 mil empregos formais em novembro

| 27/12/2017 - 21:35

A agropecuária brasileira fechou 21,791 mil empregos com carteira assinada em novembro, mês em que entraram em vigor as novas regras trabalhistas no Brasil. Foram contratadas 60.792 pessoas e outras 82.523 foram demitidas, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado, nesta quarta-feira (27/12) pelo Ministério do Trabalho (TEM).
“As principais classes de atividade da Agropecuária que apresentaram saldo negativo de emprego foram: cultivo de cana de açúcar, especialmente em São Paulo, Goiás e Maranhão; Atividades de Apoio à Agricultura, em particular em São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso; e Cultivo de Uva, em particular Pernambuco e Bahia”, informa o comunicado divulgado pela pasta.
No acumulado do ano, o setor mantém o saldo positivo em empregos. De janeiro a novembro, foram criadas 83,303 mil vagas formais, com 949.593 contratações e 866.290 dispensas entre janeiro e novembro. No período de 12 meses encerrado no mês passado, o campo gerou 33,056 mil postos de trabalho com carteira assinada.
Fonte: Globo Rural
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

China autoriza importação de gordura de porco do Brasil

Começa mais uma campanha de vacinação contra aftosa

Novo Zoneamento Agrícola de Risco Climático da Uva é publicado

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)