AgroGazeta

Baixa umidade gera prejuízos na lavoura do milho no Rio Grande do Sul

| 28/12/2017 - 21:35

Baixa umidade gera prejuízos na lavoura do milho no Rio Grande do Sul

A cerca de um mês para o início da colheita da safra do milho, na Região do Alto Uruguai, a previsão é de prejuízos por conta da falta de chuvas. Em Erechim, produtores estão derrubando plantações para alimentar o gado.
As perdas podem chegar a 15%, conforme e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). A plantação foi feita em setembro, mas a baixa umidade prejudicou o crescimento grão, em virtude dos quase 30 dias sem chuva na região, além das altas temperaturas.
O período que determina se a safra dará lucro ou prejuízo dura de uma a duas semanas. A formação do cereal é rápida, mas precisa da umidade.
Fonte: Notícias agrícolas
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

China autoriza importação de gordura de porco do Brasil

Começa mais uma campanha de vacinação contra aftosa

Novo Zoneamento Agrícola de Risco Climático da Uva é publicado

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)