Cultura

MinC abre edital para avaliação de projetos culturais

| 10/01/2018 - 20:15

Boa notícia para os profissionais da cultura que pretendem expandir a atuação nas áreas de música, artes cênicas e audiovisual. O Ministério da Cultura – MinC – está oferecendo a oportunidade de artistas e especialistas em tais áreas se tornarem pareceristas no processo a que alguns projetos culturais estão submetidos no âmbito nacional. A equipe a ser selecionada pelo Ministério será remunerada para elaborar pareceres sobre projetos inscritos em seus programas, e cada participante poderá receber de R$ 300 a R$ 1650 por projeto analisado.
O processo para seleção dos avaliadores abriu suas inscrições ontem (10/01) e pretende ampliar o banco de profissionais responsáveis por julgar projetos e analisar a prestação de contas de propostas da Lei Rouanet e de outros mecanismos de incentivo à produção cultural no país, dentro da esfera do MinC, que abrange os editais publicados por suas autarquias (Funarte – Fundação Nacional das Artes, Fundação Biblioteca Nacional, Fundação Casa de Ruy Barbosa, Fundação Cultural Palmares, ANCINE – Agência Nacional de Cinema, IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus e IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).
Os avaliadores credenciados para a prestação de serviços especializados de análise e emissão de parecer técnico de projetos culturais devem possuir conhecimento sobre a legislação pertinente aos mecanismos de incentivo fiscal e capacidade de redigir textos com impessoalidade, clareza e concisão, além de conhecimento em gestão cultural.
Os interessados em participar do processo seletivo devem ter 18 anos completos, possuir a comprovação de que atuam na área escolhida há pelo menos dois anos, e ser graduado em qualquer curso superior. As inscrições somente serão admitidas através da internet, no endereço http://www.cultura.gov.br e podem ser solicitadas até o dia 8 de fevereiro.
Profissionais de qualquer parte do Brasil poderão se inscrever, escolhendo uma das 12 áreas seguintes: análise fiscal e financeira; artes cênicas; audiovisual; música; artes visuais; patrimônio cultural material e imaterial; museus e memória; humanidades; análise de prestação de contas e resultados; análise de medidas de acessibilidade à produtos e bens culturais; tecnologia da informação; e análise de obra de engenharia - construção, reforma e adequação estrutural, inclusive em atendimento às regras de acessibilidade física.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Sai o resultado final do segundo edital do Profice

Abertas as inscrições para a seleção do FERMOP

Atores e dançarinos de Toledo terão chance de se profissionalizarem

MON realiza homenagem a Carlos Eduardo Zimmermann

Exposição no Paraná resgata a história de Ryo Mizuno

Ação e comédia na Mostra de Teatro de Quatro Pontes

Prêmio Paraná de Literatura prorroga inscrições

Manual de Reparo e Manutenção de Instrumentos de Sopro

Alunas da rede estadual vencem prêmio internacional de haicai

Socióloga comera 80 anos em evento sócio ambiental

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)