Economia

Um milhão de pessoas com mais de 60 anos sacaram R$ 1,3 bilhão do PIS/Pasep

| 06/02/2018 - 20:10

Um milhão de pessoas com mais de 60 anos sacaram R$ 1,3 bilhão do PIS/Pasep

De 22 a 31 de janeiro, cerca de 1 milhão de pessoas com mais de 60 anos sacaram as cotas dos fundos do PIS/Pasep (Programa de Integração Social/Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público), informou o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. As retiradas totalizaram R$ 1,3 bilhão no período.
Os benefícios foram pagos a maiores de 60 anos que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988, cadastrados no PIS/Pasep entre 1971 e 4 de outubro de 1988.
Aqueles que têm conta corrente ou poupança individual na Caixa Econômica Federal (Caixa) ou no Banco do Brasil (BB) receberam no dia 22 de janeiro. Os demais trabalhadores, que não são correntistas dos dois bancos públicos, foram autorizados a fazer os saques no último dia 24. Para mulheres com 62 anos ou mais e homens com 65 anos ou mais, o dinheiro já havia sido liberado no dia 8 de janeiro.
A previsão é que 4,5 milhões pessoas tenham direito a um total de R$ 7,8 bilhões referentes a essas cotas, sendo 2,7 milhões de pessoas cotistas do PIS e 1,8 milhão, do Pasep.
Os pagamentos foram estipulados pela Medida Provisória (MP) 813/2017, editada pelo governo no fim do ano passado, que reduziu a idade mínima para o saque das cotas do PIS/Pasep para 60 anos, tanto para homens quanto para mulheres. Esta nova etapa de saques beneficia mais de 3,2 milhões de cotistas do PIS e do Pasep, que poderão sacar os R$ 5,6 bilhões disponíveis nas instituições financeiras.
De acordo com o Ministério do Planejamento, todas as públicos beneficiadas pela MP podem buscar as agências e requerer o saque da cota: pessoas com mais de 60 anos, aposentados, herdeiros, quem foi transferido para a reserva remunerada ou reforma ou pessoas inválidas.
Com as regras atualmente em vigor, quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque, uma vez que o FAT distribui quantias reservadas ao seguro-desemprego, ao abono salarial e ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Economia'

Nível da atividade industrial volta a cair em abril, aponta CNI

Planejamento vai desbloquear R$ 2 bi para ministérios

Cide será zerada para reduzir preço dos combustíveis, diz Maia

Confiança do Consumidor chega a menor nível desde outubro, diz FGV

Índice de confiança da indústria recua em maio pela segunda vez

Gasolina e diesel ficam mais caros, enquanto preço do etanol cai

Pesquisa revela que consumidor está cauteloso

Subutilização e desalento no mercado de trabalho bate recorde, mostra IBGE

Economia do Brasil contrai 0,13% no 1º tri

Alta do dólar não preocupa, diz secretário do Tesouro

Mais Destaques

Cidade

Morre Luiz Ari Bernardt

AgroGazeta

Paralisação dos caminhoneiros reflete nas atividades de cooperativas

Regional

Caciopar apoia caminhoneiros e pede ajustes na máquina pública

Artigos

Como você “educa” sua equipe?

Estado

Saúde e Defesa Civil se unem para garantir atendimentos

Gente X Poder

Projeto desmonte

"ultrapassamos os 14 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo em 3 anos. Aqui sua propaganda, propaga - 45 9.91339499"
(Leitores)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)