Gente X Poder

Multas de trânsito aumentaram em 88% arrecadação ao município

| 16/02/2018 - 18:30

Por determinação do Promotor de Justiça desta 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Toledo, Dr. Sandres Sponholz, comunica-se a instauração do Procedimento Administrativo n.º MPPR-0148.18.000315-1, que faz referência ao Projeto de Lei n.º 11/2.018 de autoria do Município de Toledo, considerando que se trata de matéria sujeita à apreciação, discussão e votação por esta Casa de Leis. Veja matérial completo nesse link: http://www.gazetatoledo.com.br/ckfinder/files/Portaria%2022%202018.pdf
FGs só para “alguns”
As informações que nos chegaram, dão conta de que a “treta” com o ex-pregoeiro Eloi Luiz Piorezan, que se aposentou, foi do não cumprimento por parte da Secretaria de Administração, do pagamento da Função Gratificada (FG) exclusiva ao pregoeiro. Ao que se sabe, tanto Luiz quanto outros que também se dedicavam, além dos horários dentro daquela pasta, irão pleitear na justiça tais direitos. Isso esclareceu, inclusive, uma frase que ouviu de um funcionário de carreira: - ‘‘Agora, para o prefeito, nós, servidores, representamos despesas”, disse.
Multas de trânsito aumentaram em 88% arrecadação ao município
Para muitas pessoas, na cidade de Toledo existe uma indústria da multa de trânsito, como batizou o vereador “Zóio”, e até gera algumas dúvidas da veracidade. A verdade é que o ano de 2017 foi um ano conturbado na gestão e no trânsito de nossa cidade, gerando uma revolta geral de todos, pois implantaram inúmeras mudanças que até hoje deixam muitos contribuintes inconformados.
Multas de trânsito aumentaram em 88% arrecadação ao município I
Uma das principais mudanças foi no Estacionamento Rotativo (ESTAR), onde a gestão retirou o tempo de tolerância de 15 (quinze) minutos, que o usuário gozava sem ter a necessidade de pagamento ou recebimento de multa para estacionar, e o aumento de 100% do valor da notificação, que passou dos R$ 5,00 (cinco reais) para R$ 10,00 (dez reais). Sem falar das atrapalhadas acontecidas quando das mudanças que o trânsito sofreu, e aquela projeção negativa da nossa cidade em nível internacional, que possibilitou a um caminhão atingir a velocidade de 396 km/h. Creio que tenham revogado essa multa, pois muitos já passaram pela mesma injustiça.
Multas de trânsito aumentaram em 88% arrecadação ao município II
Essas mudanças tiveram um lado eficiente nessa gestão, o da arrecadação. Para ficar registrado na história, após todas as mudanças realizadas no nosso trânsito de Toledo, foram arrecadados em 2017 o valor de R$ 4.603.919,92, (quatro milhões, seiscentos e três mil, novecentos e dezenove reais). Comparando com o ano de 2016, onde o montante das multas atingiu R$ 2.447.945,04 (dois milhões, quatrocentos e quarenta e sete mil, novecentos e quarenta e cinco reais), perfaz-se um aumento de mais de 88% no dinheiro arrecadado com multas de trânsito no Município de Toledo.
Multas de trânsito aumentaram em 88% arrecadação ao município III
Bom, como não tem mais jeito, o negócio é pagar as multas e esperar que todos estes recursos arrecadados sejam investidos devidamente na melhoria do trânsito da cidade, para que haja melhor trafegabilidade, e com isso reduzir os índices de acidentes para um trânsito seguro. Esperamos também que a caneta/digital, não pese muito nesse ano de 2018, e que nossos políticos sejam mais conscientes ao tratar de penalizações aos eleitores.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Guardas Municipais em Brasília

Eleições no Progressistas

Médicos sem especialidade atendendo no Ciscopar?

Progressistas tensos?

A revolta dos “togados”

CPI do lixo

Liberação de recursos do estado

Minirreforma?

Troca-troca e demissão avista?

Quem será o vice-prefeito?

Mais Destaques
"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)