Gente X Poder

EMDUR e seus números, que se confirmados ...

| 20/02/2018 - 18:30

É público e notório que o ano de 2017 será negro para EMDUR, pois os números são catastróficos, podendo ser considerado um dos piores da história da empresa pública em Toledo. Estamos aguardando, mas os resultados operacionais e financeiros indicam e sinalizam para o vermelhão, independentemente de intervenções judiciais, mas pela capacidade de seus gestores no que diz respeito aos cuidados com erário, vão ter problemas.. Nós, nesta coluna, leigos de números, mas conhecedores das ações “políticas”, acreditamos que o prejuízo será assustador nessa empresa pública. Vamos aguardar o balanço para confrontar e ver como a EMDUR saiu de uma posição de superávit para uma possível empresa deficitária.
O caso Apada
Nessa terça feira foi publicada a PORTARIA Nº 56, que constitui Comissão Específica para Abertura da Tomada de Contas Especial, referente ao Termo de Convênio nº 16/2015, firmado entre o Município de Toledo e a Associação de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos (APADA). A entidade teve seu convênio suspenso por não prestação de contas ao Estado e com isso, muitos professores estão sem receber há mais de ano. Cremos que essa comissão venha clarear onde foi parar o dinheiro das contas da entidade. Alguém vai ter que se explicar.
Vereadora Marly Zanette deu o recado.
A vereadora Marly Zanette que é do Distrito de Novo Sarandi, deu um recado direto aos membros da associação comercial daquele Distrito. “Seria incabível que um presidente de uma associação fosse eleito por qualquer classe e entidade organizada, um pastor ou um líder de comunidade no exercício de seu mandato e viesse a atuar contra aquilo que lhe propuseram”. Só na cabeça dos que atuam sempre a favor dos “contras”. Ela estava se referindo a um péssimo comentário feito por um representado de que “ela teria atrapalhado” um processo de aprovação de um projeto, quando na verdade, ela estava assegurando diretos ao Distrito através de uma emenda parlamentar, que inclusive foi melhorada e aprovada por unanimidade, disse a vereadora no plenário.
O caso Duster
Na semana passada, estive conversando com o prefeito Lucio de Marchi sobre o caso Duster. Ele, após algumas perguntas me afirmou que quer clareza e que se depender dele, todas as medidas necessárias para o esclarecimento dos fatos serão tomadas. Bom, caro prefeito, essa denúncia veio de um eleitor que me afirmou ter votado em você, e como nesse jornal nada fica na gaveta, as evidências foram publicadas e cabe agora, ao MP as investigações e confrontações dos fatos para se tomar a melhor decisão. Têm mais “caroços com cabelos” nesse angu, é só mexer que aparece.
Improbidade Administrativa
Prefeito de São Miguel do Iguaçu, ex-secretária de Saúde e mais quatro réus são condenados por contratos irregulares. O Juíz da Vara da Fazenda Pública de São Miguel do Iguaçu condenou por improbidade administrativa o atual prefeito daquele município, a ex-secretária de Saúde (na gestão anterior do prefeito reeleito), uma assessora jurídica da prefeitura, duas empresas da área de saúde e seu proprietário. A condenação atende pedido formulado em ação civil pública ajuizada pela 1ª Promotoria de Justiça da Comarca e decorre de contratos irregulares firmados com as duas empresas para prestação de serviços de saúde ao município.
Improbidade Administrativa I
Segundo apurou o Ministério Público, os réus teriam forjado processo licitatório repleto de irregularidades para favorecer o proprietário das empresas, aliado político do prefeito. De acordo com a ação, houve dispensas indevidas e fraudes em licitações para que fossem contratadas as empresas, em contratos cujos valores chegam a R$ 8.954.496,00. Os réus foram condenados às penas previstas na Lei de Improbidade Administrativa, como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco anos e pagamento de multa. Além disso, foram condenados solidariamente ao pagamento de R$ 900 mil a título de danos morais coletivos. Ressaltamos que, ainda cabem recursos.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Indícios de irregularidade na nomeação do filho do deputado na EMDUR

Projeto 97 confirma nossas informações: Querem fechar a EMDUR!

Mandado de segurança contra ato do promotor Giovani Ferri

Comando do 19º BPM visita a Gazeta.

Prefeito de Toledo e secretários são multados pelo TCE.PR

EMDUR - administrativamente sem saída?

Os “asnos”

Nota de esclarecimento – Programa Toopedalando

BINGOOOOOO...

CPI da “comédia”

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)