Artigos

“Este é o meu Filho muito amado, Escutai-o”

| 23/02/2018 - 21:00

“Este é o meu Filho muito amado, Escutai-o”

Estamos no 2º Domingo da Quaresma e a Liturgia nos propõe a passagem da transfiguração de Jesus através do evangelho de São Marcos (Mc 9,2-10). A comunidade de Jesus passa por um momento difícil: dúvidas, desalento, medo... Por isso Jesus sobe à montanha com três dos seus apóstolos mais próximos e lhes possibilita uma experiência mística: manifesta-se diante deles revelando a sua íntima e profunda união com o Pai que o confirma como Filho e revelador do seu amor.
O texto no revela que em meio às dificuldades surgem momentos especiais, com frequência, inesperados, em que uma luz atravessa nosso coração, nos ajuda a enxergar bem longe e experimentar o amor de Deus.
A transfiguração é um acontecimento vital na vida de Jesus, uma revelação provisória do seu mistério e missão para três testemunhas privilegiadas, uma antecipação da ressurreição. É também uma maneira de sustentar os discípulos para não temer o que está para acontecer: para chegar à Ressurreição será necessário passar pela Cruz. Jesus não está sozinho na sua missão, Ele tem o Pai e o Espírito Santo que o acompanham sempre: “Este é o meu Filho Amado”.
A palavra-chave vem do Pai: “Escutai o que ele diz”. É preciso escutar Jesus, pois sua mensagem revela o mistério de Deus para a humanidade: a salvação. O incômodo de Pedro diante da revelação será superado pela escuta do Filho muito amado de Deus. A resposta de Pedro mostra que ele interpreta esta experiência de modo equivocado. Ele quer reter esta experiência como se o Reino já estivesse realizado (“Façamos três tendas”), ou seja, vamos ficar aqui e abandonar tudo, aqui tudo é bonito! Este é o risco que todos nós corremos diante dos desafios da missão, ele revela uma fé imperfeita e egoísta. Por isso o apelo do Pai: escutar Jesus, segui-lo de perto e participar da construção do Reino de Deus. A transfiguração de Jesus nos ajuda a compreender que aquele que vai sofrer a paixão e ser glorificado é o Filho de Deus que se encarnou para a nossa salvação. O que sustenta nossa vocação cristã, o que sustenta nossa fé é a graça da ressurreição do Senhor. O Senhor, ressuscitado dos mortos, venceu o mal e a morte.
Todos nós desejamos a paz; muitas pessoas a constroem todos os dias com pequenos gestos; muitos sofrem e suportam pacientemente a dificuldade de tantas tentativas para construí-la.
A campanha da fraternidade deste ano nos convoca a viver a prática de Jesus no exercício dos pequenos gestos: a escuta, a saída missionária, o acolhimento, o diálogo, o anúncio da paz e a denúncia da violência na dimensão pessoal e social. A lógica do amor é o único instrumento eficaz diante das ações violentas.
Este é o nosso destino: irradiar a luz resplandecente do Cristo transfigurado, ser estrelas que irradiam sua luz e sua beleza. Por isso nos acompanha a palavra de Jesus: “Convertei-vos e crede na Boa Nova”.
Dom João Carlos Seneme, css
Bispo de Toledo
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

A Copa do Mundo, eleições e o vira-latismo de Nelson Rodrigues

Aposentadoria da pessoa com deficiência: vantagens e requisitos

O vulcão social

Cooperativas de crédito dão lições ao mercado

A Copa política e o Patriotismo

O Reino de Deus é dom oferecido a todos

Essa tal felicidade

Esculhambação geral

Um mundo de oportunidades ainda longe

Estamos matando o nosso futuro

Mais Destaques

Gente X Poder

Se despediu

Política

Notícias falsas podem colocar eleições em risco

Estado

Porto de Paranaguá tem recorde de granéis sólidos

Economia

De 2015 para 2016, a indústria perdeu 400,8 mil pessoas ocupadas

Cultura

Prêmio Literário 2018

Cidade

PDT e MDB, de Toledo unem forças para as próximas eleições.

Regional

Festa junina anima pacientes do Hospital Uopeccan

Esporte

GR de Toledo viaja para competição

"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)