Regional

Biolabore leva curso a agricultores do Oeste

| 08/03/2018 - 20:55

Biolabore leva curso a agricultores do Oeste

A Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore), com sede em Santa Helena, trabalha uma série de oficinas nos municípios da região Oeste, voltada às boas práticas e aproveitamento total dos alimentos. Na última semana, agricultores de Ouro Verde do Oeste e de e Diamante D’Oeste foram contemplados. O foco está direcionado aos cuidados na manipulação dos alimentos e na preparação, tanto de conservas, como de doces.
Apesar de ser destinado, preferencialmente às mulheres, há, também, a presença de homens, o que mostra o envolvimento da família produtora com as temáticas ministradas. Os cursos são realizados nas próprias comunidades, ou, em propriedades rurais, fator de ambientação.
Em Ouro Verde do Oeste as atividades a oficina foi realizada na comunidade Vila Rural, ministrada pela tecnóloga em alimentos Débora Guerino Boico e pelo Engenheiro Agrônomo Rodrigo Novakoski.
O curso é uma parceria da Biolabore com a Itaipu Binacional como estratégia de promoção e realização do direito humano a alimentação adequada. A principal recomendação é a utilização de alimento na sua forma integral, segundo Novakoski.
Receitas fáceis de serem desenvolvidas também estimulam a incorporação às práticas diárias das famílias, com conscientização maior sobre o uso do alimento.
Em Diamante D’Oeste o curso foi realizado com a Comunidade Roselito, em uma chácara de propriedade da família Severo. A oficina também contou com o apoio da prefeitura do município. Na abertura dos trabalhos a secretária de agricultura, Daniele Gentilini falou sobre a importância do treinamento e da utilização sustentável dos alimentos.
Beterraba, cenoura, pepino, quiabo, chuchu, abóbora, banana, foram alguns dos ingredientes base para as receitas desenvolvidas em conjunto pela tecnóloga em alimentos Débora Boico e os técnicos da Biolabore, Edvan de Almeida e Delma Fontanesi.
A intenção dessas capacitações é conscientização dos agricultores com relação aos hábitos alimentares e a possiblidade de reaproveitamento, ou, utilização total dos alimentos, conforme explica Débora Boico.
Durante todo o curso houve um envolvimento mutuo entre todos participantes com a utilização de vegetais que podem ser facilmente produzidos em suas propriedades.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Festa junina anima pacientes do Hospital Uopeccan

Sebrae aborda vendas a empresas do Oeste

Aluno de Mercedes é premiado na Campanha da Fraternidade

Puma morre atropelado no Parque das Cataratas

Rondonenses se destacaram no Paranaense de Bicicross

Chega à metade Gincana Jovens Lindeiros Ligados à Vida

Municípios do Oeste têm potencial para fruticultura

Prefeito anuncia primeiras substituições na Administração Municipal de Santa Helena

Fraudes em concursos anulam licitação em Assis

Sicredi repassa doação à APAE de M. C. Rondon

Mais Destaques

Cidade

PDT e MDB, de Toledo unem forças para as próximas eleições.

AgroGazeta

Governo eleva previsão de VBP em 2018

Economia

De 2015 para 2016, a indústria perdeu 400,8 mil pessoas ocupadas

Política

Notícias falsas podem colocar eleições em risco

Estado

Porto de Paranaguá tem recorde de granéis sólidos

Cultura

Prêmio Literário 2018

Gente X Poder

Se despediu

Esporte

GR de Toledo viaja para competição

"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)