Gente X Poder

Batendo “bielas”

| 12/03/2018 - 07:45

Infantilidade - Seria cômico, se não fosse sério.

Batendo “bielas”
É público que em Toledo a política se divide em dois grupos, capitaneados pelos maiores partidos. Analisando a situação atual, da proximidade do pleito eleitoral, concluímos que no momento os políticos de Toledo, tanto de oposição quanto situação, estão batendo as “bielas”, literalmente. Ambos seguem o norte da desunião. O PP só tem um nome definido que é para disputar uma vaga na Câmara Federal. Para estadual, ainda não definiram, podendo ser um nome da “casta” Sperafico, que apresenta os seguintes nomes: Milton, Dalto ou Rui Fonsati. Fora da família, cogitam Luiz Fritzen, Alceu Dalbosco e estavam assediando o empresário do agronegócio, o Ivan Rossoni. Mas as fontes (quase que seguras) dizem que Ivan, apesar de gostar da idéia, quer seguir por outros caminhos, pois está levando em conta a má administração da atual administração ( que tem lhe visitado continuamente) e os reflexos que podem gerar no pleito eleitoral.
Batendo “bielas I”
Pelo lado da oposição a coisa também anda “nebulosa” sobre quem serão os nomes para concorrer tanto a deputado estadual quanto a federal. Sabe-se apenas que, dois nomes são postulantes, Ademar Dorfschmidt quer ser estadual e Beto Lunitti iria para a disputa da vaga a Federal. O PDT, conforme já escrito dias atrás, quer lançar candidatos, cujos nomes são Corazza, Pelanka e Marcos Zanetti. Mas ainda está tudo indefinido, pois existem correntes internas que defendem a candidatura do Beto Lunitti para uma das vagas na assembléia legislativa e o Ademar para Federal.
Batendo “bielas II”
Para rachar ainda mais os oposicionistas e situacionistas, o PCdoB irá lançar Marli do Esporte como candidata ao Senado e Leandro Crestani para deputado Federal. Ainda, o Valmor Lodi, a pedido do deputado Giacobo, poderá ser candidato a deputado estadual... Ah, já estávamos esquecendo do vice-prefeito Tita, que está todo ouriçado para disputar uma cadeira na AL, pelo PV, contando como certo o apoio do atual grupo político que integra... Inocente! Enfim, outros políticos já se manifestaram publicamente, com intenções às candidaturas. De certo temos apenas que os grupos políticos de Toledo estão divididos, sem rumo, devido à falta de alinhando das “bielas e dos pinos de centro” e com isso estão fortalecendo os candidatos paraquedistas, que vêm de fora para abocanhar votos, como sempre acontece nas eleições para deputado.
Amadorismo político
Em pleno século XXI, pasmem, predomina o amadorismo, que é fruto do egocentrismo de alguns políticos de Toledo, que só têm olhos para o próprio umbigo, nada mais além do que a periferia da famosa cicatriz resultante da queda do cordão umbilical. Disso conclui-se que Toledo está em segundo plano para alguns políticos de Toledo. Preferem não ter representantes, tanto na Câmara Federal e na Assembléia Legislativa, do que ver um opositor sentado em uma das cadeiras.
Infantilidade - Seria cômico, se não fosse sério.
A velha máxima “não quer brincar, não venha para o parquinho”, parece servir para adultos com a síndrome do Peter Pan no setor público de Toledo. As condutas inapropriadas de alguns ocupantes de cargos são dignos de “comicidade” se não fossem sérios. Para dar “notoriedade” sobre o tema , vou citar dois fatos que envolve um só nome da atual gestão: Gilson Francisco lá do grande Panorama, gente boa. A primeira infantilidade partiu de seu “chefe” mor, Lucio em nomeá-lo sem que o mesmo tivesse ou preenchesse a “formação” exigida pela cargo. O segundo fato, esse irônico-sério, foi a de que, ele depois de ser nomeado dentro de suas “habilidades curriculares”, em parceria com mais um terceiro, ou um de fora (irmão, não sei se de fé - ou de sangue) se apoderaram de uma máquina Bob Cat do município que estava dando um “migué”, por lá, junto a associação de moradores tipo assim disponível e juntos os dois fizeram muitos estragos.
Infantilidade - Seria cômico, se não fosse sério.
O resultado dessas que podemos chamar, “lambança tatu” foi uma máquina arrebentada ( hidraulicamente) uma área ( terreno) que precisa de socorro de um profissional e não de faz de conta, de brincar com o sério, com as leis e responsabilidades. Gente, isso aconteceu de verdade, tanto é que o prefeito, deu uma suspensão ao cidadão Gilson que é comissionado por 15 dias, não sei se pode, mas o penalizou e ainda terá que pagar as despesas e se explicar ao MP.
    1 COMENTÁRIO
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

  • DOUGLAS QUEIROZ
    Atual situação distante de qualquer estratégia politica. Não tem a dignidade de abrir espaço para qualquer liderança que não faça parte da nobreza Toledense. Já a oposição pode se desmantelar em razão de projetos pessoais. Quanto ao funcionário que usou a bobcat, só mostra a o "choque" que a atual gestão levou com essa administração. É hora dos toledenses pensarem muito......
Notícias de 'Gente X Poder'

Se despediu

Manifestação e paralisação.

Indícios de irregularidade na nomeação do filho do deputado na EMDUR

Projeto 97 confirma nossas informações: Querem fechar a EMDUR!

Mandado de segurança contra ato do promotor Giovani Ferri

Comando do 19º BPM visita a Gazeta.

Prefeito de Toledo e secretários são multados pelo TCE.PR

EMDUR - administrativamente sem saída?

Os “asnos”

Nota de esclarecimento – Programa Toopedalando

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)