Estado

Endividamento dos paranaenses cai, mas sobe no restante do País

| 05/04/2018 - 20:50

Na contramão dos dados nacionais, o nível de endividamento caiu no Paraná no mês de março. Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), elaborada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), aponta que 85,1% das famílias paranaenses possuíam algum tipo de dívida em março. O indicador baixou dos 86,8% registrados em fevereiro e também caiu na comparação com março de 2017, quando estava em 85,6%.
O índice nacional de endividamento ficou em 61,2%, estável na variação mensal, mas apresentou piora em relação a março do passado (60,8%). Os casos de endividados com contas em atraso e sem condições de pagar também se agravou no país em março.
No Paraná, a situação dos consumidores com contas atrasadas melhorou, saindo de 29% em fevereiro para 26,7% em março. Da mesma forma, baixou o percentual de paranaenses sem condições de quitar seus débitos, que era de 11,1% em fevereiro e ficou em 10% no mês passado.
Tipos de dívida
O cartão de crédito é o principal motivo de endividamento dos consumidores paranaenses e correspondeu a 71% das dívidas do mês de março. O financiamento de automóveis foi o segundo colocado, com 10%, e em seguida ficou o financiamento imobiliário, com 9,1%.
Comparativo por faixa de renda
No estado do Paraná, a maior concentração de dívidas está nas famílias de maior poder aquisitivo, com 89,8%. Na faixa de renda superior a dez salários mínimos houve queda no endividamento em comparação a fevereiro (90,5%). A faixa foi a mais favorecida nos indicadores contas em atraso (15,6%) e na falta de condições de pagamento das contas atrasadas (4,2%).
Nas classes C, D e E, o nível de endividamento ficou em 84,1% em março. Em fevereiro era 86%. Entre os endividados com renda até dez salários mínimos, 28,9% estavam com contas em atraso no último mês e 11,5% deles acreditavam que não teriam condições de pagar seus débitos financeiros.
Fonte: Ana Ehlert – Bem Paraná
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Estado'

Concurso Agrinho 2018 está com as inscrições abertas

DER fará leilão de 1.500 veículos apreendidos

Governo veta reajuste de salários para tribunais e legislativo

Sancionada lei que incorpora gratificação a aposentadoria de docentes

Governo veta PLs que reajustam salários de outros poderes

UNILA oferta curso preparatório para exame de Língua Portuguesa

Sicredi reforça comitiva para Conferência Internacional

Campanha dobra denúncias de violência contra crianças e adolescentes

Aulas da rede estadual do Paraná terminam nesta sexta-feira

Idosos ou deficientes que não se cadastrarem perderão benefício

Mais Destaques

Cultura

Abertas as inscrições para a seleção do FERMOP

Esporte

Toledano é convocado para seleção paranaense

Política

Financiamento coletivo pode esbarrar na insatisfação das pessoas com a política

Geral

Saiba quais são os sintomas do sarampo e como evitar

Cidade

Lançada edição 2018 dos Jogos da Melhor Idade

Regional

Cascavel sedia Congresso Internacional de Acolhimento Familiar

Economia

Governo publica decreto que antecipa parcela do 13º para aposentados

Gente X Poder

Expo Toledo - Comitê

"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)