AgroGazeta

Soja tem bom momento para vendas da safra atual e negócios futuros

| 12/04/2018 - 21:10

Soja tem bom momento para vendas da safra atual e negócios futuros

Diante dos bons preços para a soja, é o momento ideal para o produtor realizar novas negociações para a safra atual quanto da temporada de 2018/19. Com isso, o agricultor precisa ficar atento a demanda da China, a quebra na safra Argentina, Câmbio e um aumento nos valores do prêmio.
De acordo com o analista da Céleres Consultoria, Anderson Galvão, por mais que as condições de clima não favoreceram a temporada, como nas safras passadas, o Brasil terá uma boa produtividade. “Outro fator que contribuiu para os preços foi à quebra na safra da Argentina e que puxou as cotações em Chicago. E agora, vemos o Dólar mais forte e demanda adicional Chinesa”, aponta.
Em relação às comercializações futuras, o analista salienta que as negociações estavam travadas e abaixo da média de cinco anos atrás. “Com essa recuperação o agricultor aproveitou para acelerar as vendas da safra velha, melhor a liquidez e a fazer negócios para a próxima temporada”, destaca.
Ainda segundo o analista os produtores rurais devem aproveitar a alta nos preços continuar vendendo a safra velha e para travar negócios na safra 2018/19. “A grande incerteza que temos agora é são qual será a produção da safra dos Estados Unidos, o impacto do clima na safra americana a partir de junho e ir até agosto, que pode trazer muita volatilidade e os desdobramentos dessa guerra comercial”, afirma.
Safra brasileira
Com os investimentos em tecnologias, as propriedades estão alcançando cada vez mais altos níveis de rendimento. Na qual, é conseqüência de gestão e planejamento dos agricultores. “A produtividade de soja acima de 80 sacas por hectares está se tornando algo corriqueiro. Sendo que a pelo menos dez anos os patamares eram próximos de 50 sacas/ha”, finaliza.
Com isso, a projeção para a safra 2018/19 é que tenha um incremento de área de soja em torno de um milhão de hectares. Já no milho verão deve recuperar parte do que caiu no ano anterior e para o cultivo do cereal no inverno também será próximo de um milhão de hectares.
Fonte: Fernanda Custódio e Andressa Simão (Notícias Agrícolas)
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Plantel de pintainhas crescem em 2018

Aberta consulta sobre normas para carcaças bovinas e suínas

Colheita de milho safrinha no Paraná atinge 6%

Soja brasileira cai pressionada por Chicago e Dólar

Primeiro semestre fechou com grande queda na exportação de frango

Embarques de frango têm desempenho fraco em 2018

Especialistas dizem que nova doença do milho demanda cautela e pesquisas

Entidade busca socorro para setor de aves e suínos

Frango, ovo, milho e inflação em junho de 2018

Cai preço da soja para exportação

Mais Destaques

Regional

Cascavel sedia Congresso Internacional de Acolhimento Familiar

Geral

Saiba quais são os sintomas do sarampo e como evitar

Gente X Poder

Expo Toledo - Comitê

Cidade

Lançada edição 2018 dos Jogos da Melhor Idade

Cultura

Abertas as inscrições para a seleção do FERMOP

Estado

DER fará leilão de 1.500 veículos apreendidos

Política

Financiamento coletivo pode esbarrar na insatisfação das pessoas com a política

Esporte

Toledano é convocado para seleção paranaense

"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)