Cidade

Oeste em Desenvolvimento debate melhora na genético da tilápia

| 24/05/2018 - 19:20

Oeste em Desenvolvimento debate melhora na genético da tilápia

A importância de melhorar a genética da tilápia produzida em cativeiro para o crescimento da piscicultura no Oeste do Paraná será um dos temas do 1º Encontro Regional de Piscicultura. O evento será realizado nesta sexta-feira (25), às 8h, no Centro de Convenções Ismael Sperafico, em Toledo (PR). A promoção é da Câmara de Peixe do Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), do qual a Itaipu Binacional faz parte.
O objetivo do encontro é debater as tendências da atividade na região, considerada referência para o Brasil. “O bom desempenho da piscicultura no Oeste já estampou várias revistas especializadas em 2017, mas ainda exige investimentos e estudos”, explicou a secretária da Câmara Técnica de Peixe, Victória Diniz.
Tilápia
O especialista Elias Nunes Martins, agrônomo e doutor em Zootecnia, adiantou que melhorar a qualidade dos os alevinos dentro da propriedade seria um ganho muito grande para a piscicultura regional.
Segundo ele, apesar da piscicultura no Oeste ter um volume grande de produção, ainda depende da compra de alevinos com genética desenvolvida fora da região, dificultando a adaptabilidade e a sobrevivência dos peixes. “Além da sobrevivência, dificulta o acasalamento e resistência ao manejo”, disse.
Durante a palestra Martins abordará desde a necessidade dessa prática até a implantação e execução do programa. “Quando produzimos nossos próprios alevinos temos condições de fazer várias avaliações, inclusive, adaptá-las ao interesse do mercado”, explicou.
A participação das cooperativas no Programa de Melhoramento Genético da Cadeia Produtiva da Tilápia, que está sendo criado por Itaipu, Parque Tecnológico e Itaipu, foi validada por meio de um protocolo assinado durante o Show Rural Coopavel 2018. O objetivo é melhorar a qualidade do peixe com foco nas demandas do mercado, como um melhor aproveitamento do filé da tilápia.
A Itaipu
Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,5 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. Em 2017, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 86,4% do Paraguai.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cidade'

Praça das Bandeiras recebe academia nova

Reforma Trabalhista é tema de encontro

Toledo Esporte Clube apresenta projeto social para as categorias de base

Infraestrutura: avançam as obras do aeroporto municipal

Prefeitura fiscaliza publicidade indevida em pontos de ônibus

Catedral Cristo Rei realiza Festa Junina

MEI’s devem emitir Certificado Digital a partir de julho

PDT e MDB, de Toledo unem forças para as próximas eleições.

CERTI’s preparam Festas Juninas

Núcleo de Inovação conhece plataformas do MEC

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)