Gente X Poder

Projeto desmonte

| 24/05/2018 - 20:00

Projeto desmonte
O rumo de nossa prefeitura chama-se terceirização. É o que está se vendo diante das ultimas ações premeditadas a começar pela EMDUR. Depois virão, pedreira, usina de asfalto e por fim, todas as secretarias. A oficialização de parte dessas “terceirizações”, já chegou à Câmara Municipal através do projeto de Lei nº 12 que deve ser mais um daqueles que encherão a plenária para pressionar os vereadores para não aprovarem. O que se prevê nessas terceirizações: Entregar para empresas privadas a gestão da maioria dos serviços públicos e com elas, acabar com concursos públicos, abrir brechas para o nepotismo, acabar com a estabilidade dos servidores e trará um retrocesso que afetará áreas importantes como saúde, educação, segurança, assistência social.
Projeto desmonte I
A direção do SerToledo está alertando a todos os vereadores de Toledo, assim como o Ministério Publico sobre o Projeto de Lei nº 12. Ela pretende entregar para as empresas privadas, a gestão de serviços, que é de responsabilidade do município e assim, as empresas seriam as responsáveis em prestar à comunidade serviços na área da Saúde, Assistência Social, Educacional, Ambiental, de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Cultural e Esportiva. Se aprovada, o Prefeito se exime da responsabilidade de prestar um serviço de qualidade para a população. Claro que os vereadores não irão aprovar, creio, não sei, talvez, quem sabe, pois eles foram eleitos para legislar na defesa do serviço público de qualidade e essa PL é contra esses princípios, na minha forma mais tranquila de analisar o fato. Link http://www.gazetatoledo.com.br/ckfinder/files/SerToledo%201.pdf
Município com excesso de despesas de pessoal pode contratar professores
Professores aprovados em concurso público podem ser admitidos em substituição à “dobra de jornada” de professores efetivos, ainda que o índice de despesas com pessoal do município esteja extrapolado. Principalmente se for comprovado que tal conduta reduzirá essas despesas. Até mesmo porque a reposição decorrente de aposentadoria ou falecimento de servidores das áreas de educação, saúde e segurança é permitida pela Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº 101/2000), mesmo com a extrapolação de 95% do limite de despesas de pessoal. Link matéria completa: http://www.gazetatoledo.com.br/NOTICIA/38189/MUNICIPIO_COM_EXCESSO_DE_DESPESAS_DE_PESSOAL_PODE_CONTRATAR_PROFESSORES#.Wwcjd0gvyUk
Adeus amigo “Luiz Ari Bernartt”.
Nos bons tempos em que Luiz Ari Bernardt foi presidente do Clube Toledão, a imprensa era tratada com respeito. Primeiro ele acertava valores pecuniários para os trabalhos de cobertura dos eventos do clube via profissionais, depois fazia o social e sempre com o melhor. Inesquecíveis “carnavais”. Ultimamente ele, estava a frente da AAVIOPAR e estava com problemas cardíacos, passou por complicações cirúrgicas vindo a falecer. Toledo perdeu um grande cidadão.
Informações nada, nada.
Nessa quarta feira, aquele “urubu” que tem a “pena-branca-no-rabo, estava arrepiado, pois, enxergou um grupo de 4 servidores saindo da prefeitura e os acompanhou até a prédio do Ministério Publico de Toledo. Ao sentar-se na janela, não conseguiu ouvir com clareza, mas, ele me gruneou que, foram dar explicações sobre o extravio*(hic) das fichas-ponto das “horas extras”. Hummmm.....será que o MP vai acreditar nesse conto da “carochinha”? Extravio? justamente dos nomes mais que “suspeitos”? Sei lá, pode até ser! Mentira tem perna curta!
Lúcio de Marchi sabia da greve?
Não soube responder essa gruneada do meu “urubutran”. Ele continuou me bicando meio que bravo, dizendo que ele não iria andar de bicicletas, aquelas compradas e que também estão paradas como as mais de 6 motos. O acalmei dizendo que, não existe combustível e nesse caso, começasse o racionamento dos carros, depois das motos e só vai sobrar as magrelas para vocês fazerem as rondas. Aproveitando, disseram-me que, alguns GMs, estavam aplicando multa nos veículos que estavam em fila dupla para abastecer em um posto da Santos Dumont e que foi dado ordem do diretor em multar os caminhões com carga viva que transitassem nas vias urbanas do município. Se isso for confirmado, vai dar uma grande explosão e cabeças vão rolar. Seria uma grande falta de bom senso.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

As mudanças anunciadas

Na base do sal GROSSO?

Edna Nunes volta ao Rádio?

Falta de “simancol”

Empresário é chamado de "bosta"

Virada de mesa?

Exoneração

Momento histórico

Renovação

Vereador de “palavra”

Mais Destaques

Cidade

Prati-Donaduzzi inicia 2019 com 150 vagas de emprego

Cultura

Inscrições abertas para o processo seletivo do curso de Música da UNILA

Regional

Iguassu-IT inicia planejamento estratégico para 2019

Estado

Ratinho Júnior anuncia redução de preços de serviços do Detran

AgroGazeta

Sojicultores do Paraná mantêm produtividade durante estiagem

Esporte

Toledano Lucas Lóh comemora 28 anos e a ótima fase na carreira

Economia

Petrobras retomará processos de alienação de ativos

"Já são 17 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Junte-se a quem de fato é lido - invista em propaganda onde sua marca ficará visível 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)