Gente X Poder

CPI da “comédia”

| 06/06/2018 - 00:00

CPI da “comédia”
Quando escrevo nessa coluna que a atual é uma das piores “legislatura” de Toledo, não estou sendo “mentiroso”. Quem tentou assistir a reunião da CPI do Hospital Regional marcado para as 09h, e que só teve início 21min depois, entendeu que o presidente da mesma, Walmor Lody, não estava nada “democrático” e parceria demonstrar que coerência não é seu forte para tal cargo. Ignorou os pedidos de ordens de Ademar Dorschimidt e Marcos Zanete e encerrou a reunião, como se dissesse “nesse circo eu mando”. Sugiro aos dois vereadores cerceados de falar que façam outra CPI em paralelo já que essa, pelo que assisti, já da para saber até o resultado. Veja esse link: https://www.youtube.com/watch?v=GbmFvI_-nGk
Embuste
Este escrito Embuste é uma espécie de mentira ou tentativa de enganar uma pessoa, e é planejado de maneira astuciosa. Este tipo de atitude é realizado com o intuito de prejudicar ou enganar alguém, fazendo-lhe crer que um determinado acontecimento real, seja falso.
Embuste I
Em resumo a coluna “A tocaia” de ontem informa que após o cidadão procurar o prefeito e que no ambiente do gabinete disse estar com sua CNH suspensa o diretor de transito SEM consultar o prefeito e o secretário, um verdadeiro caso sobrenatural de clarividência, solicitou a equipe para armar uma tocaia, culminando num dos casos mais “ ridículos “ de uso da máquina pública para o cerceamento do direito democrático de expressar sua indignação como cidadão frente a uma arbitrariedade e despreparo do comando.
Embuste II
Toledano super sincero, entenda que o resultado foi esse:
1º - O descrédito por parte da população para com a corporação GM e sem aprovação de todos os membros.
2º - Demonstração do despreparo dos que estão no comando da Guarda e do município.
3º - A falta de escrúpulos depois do ato, publicar uma NOTA (provocada por este jornal através de seu jornalista) querendo transferir a ação para o diretor de trânsito.
4º - A falta total de noção de ridículo ao tentar desqualificar o cidadão para justificar o injustificável que foi um ataque cruel, covarde e desproporcional contra o direito democrático de um cidadão comum em buscar os seus direitos junto aos órgãos públicos. E por ultimo, fica o questionamento: Onde está aquele que tem o dever “funcional” de promover a Justiça???
Prefeito é multado
O Tribunal de Contas do Estado do Paraná determinou ao ex-prefeito do Município de Morretes (Litoral) Helder Teófilo dos Santos (gestão 2013-2016) a restituição de R$ 12.116,62, corrigidos desde 2013. O valor se refere a um pagamento realizado a mais para a empresa Agille - Consultoria e Assessoria Privada Ltda. Além desse valor, não previsto em contrato, a contratação tanto da Agille como da empresa Henrichs & Henrichs Advogados Associados afrontaram o artigo 37 da Constituição Federal e o Prejulgado nº 6 do TCE-PR. Veja a sentença por completo nesse link: https://www.gazetatoledo.com.br/ckfinder/files/Punido%20ex.pdf
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Em quem apostar?

Veja quem está liderando a enquete para prefeito em Toledo

Os “chupins”

Urubu caiu na Gandaia

Mais demissões

HPS Bom Jesus faz acordo com MPPR

Demissões e nomeações

A rodoviária e a imundice

Mais Destaques
"Já são 17 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Junte-se a quem de fato é lido - invista em propaganda onde sua marca ficará visível 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)