AgroGazeta

China aplica sanção contra frango do Brasil

| 08/06/2018 - 16:35

Foto: Reprodução (Rural Pecuária)

O Ministério do Comércio da China (MOFCOM) anunciou medidas “antidumping temporárias” sobre as importações de frango do Brasil. Justificando que a indústria doméstica sofreu danos substanciais, o País comunista determinou que, a partir deste sábado (09.06), os importadores deverão pagar taxas entre 18,8% a 38,4% do valor total adquirido.
O Brasil fornece nada menos que 40% de toda a carne de frango consumida pelo mercado mundial, detendo uma fatia de 50% do mercado chinês. As medidas a anunciadas pelo governo do gigante asiático atingem os produtos fornecidos pelos exportadores brasileiros JBS e BRF.
“Durante o período de investigação de danos, a quantidade de produtos importados e a participação de mercado do Brasil aumentaram continuamente, e os preços de produtos domésticos similares foram drasticamente reduzidos, causando sérios danos às indústrias domésticas”, justificou o Ministério do Comércio chinês.
A ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) divulgou um comunicado manifestando seu protesto diante da decisão do MOFCOM. Segundo a entidade, não há qualquer nexo causal entre as exportações de carne de frango do Brasil e eventuais situações mercadológicas locais. “Os esclarecimentos apresentados pelo setor produtivo e pelas agroindústrias exportadoras deixaram clara a ausência de qualquer possível dano aos produtores e ao mercado chinês”, justifica.
A ABPA considera que a determinação da medida é um retrocesso nas boas relações comerciais construídas por brasileiros e chineses ao longo desta década: “Apesar de uma potencial retração no desempenho dos embarques em toneladas, o fluxo comercial deverá ser mantido mesmo com a imposição da medida, frente à necessidade e alta demanda do mercado chinês. Em 2017, o país asiático foi destino de 391,4 mil toneladas de carne de frango do Brasil, equivalente a 9,2% de tudo o que o país embarcou no período”.
A decisão é provisória, sendo que a medida final será anunciada no próximo mês de agosto. “A ABPA continuará a trabalhar no âmbito do processo, buscando reverter a decisão imposta temporariamente”, conclui a entidade.
Fonte: Leonardo Gottems/Agrolink
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

BRF vê crescente competição por milho com indústria de etanol

Soja e farelo mantém crescimento de movimentação em Paranaguá

Governo reduz novamente orçamento para o seguro rural

Plantio da soja continuará avançando nas próximas semanas

Paraná retoma programa de compra de terras para agricultores familiares

Brasil direciona quase 80% da exportação de soja para China de janeiro a agosto

Aumento da procura eleva cotações da carne de frango

Colheita do milho 2°safra é inviabilizado por causa da chuva

Ferramentas de controle de pragas reduzem em 50% uso de inseticidas 

Semana Nacional da Carne Suína incentiva o consumo da proteína

Mais Destaques
"Ultrapassamos 16 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)