Gente X Poder

EMDUR - administrativamente sem saída?

| 12/06/2018 - 17:00

EMDUR - administrativamente sem saída?
Sinceramente eu não consigo reproduzir tantas informações deprimentes sobre a EMDUR. Desde o ano passado que denúncias chegaram a esse jornal por intermédio de seus servidores bastante preocupados com o futuro, por estarem presenciando possíveis irregularidades que estariam ocorrendo e a cada uma das confirmações, publicamos como forma de alertarmos autoridades e nossos leitores culminando com as intervenções do TC. PR e MP. PR.
EMDUR - administrativamente sem saída? I
Os diretores da EMDUR estão em uma situação bem complicada no que tange a reverter o quadro que se encontra a entidade. Sem poder fechar contratos com o município, a empresa poderá entrar em caos e possivelmente o risco de seu fechamento. É assustador, mas é verdade e esse colunista vem tentando mostrar com antecedência os possíveis impedimentos e só prevaleceu até agora o ego de um diretor estátua chamado Zezinho e demais superintendências.
EMDUR - administrativamente sem saída? II
Uso a estátua como codinome porque estão assim, imóveis sem sair do lugar sem mostrar movimento aceitável para impedir que o povo de Toledo não venha a ter esse dissabor de ver fechado tão importante autarquia por essa já comprovada falta de gestão ou, como já escrevi, por outros interesses de grupos privados. Essa ineficiência tendenciosa ou não gera a má gestão e com isso gastos indiscriminados, falta de planejamento, obras caras e o desperdício do dinheiro público.
EMDUR - administrativamente sem saída? III
Essas decisões políticas que se sobrepõem a critérios técnicos e uma legislação confusa, com constantes modificações, causam atrasos em projetos estratégicos para nosso desenvolvimento. Mesmo com todos os alertas os erros continuam. Se a situação de produção está afetada, não se deve comprar, renomear ou fazer qualquer aquisição, nem de um prego, mas, pelas ultimas decisões me dou o direito de repetir; QUEREM FECHAR A EMDUR sim.
EMDUR – administrativamente sem saída? IV
Caso não seja isso, então me respondam? Porque nomear dois advogados no mesmo mês percebendo pela classificação CC1? Ou seja, mais R$ 30 mil por mês só de vencimentos? Por que, contratar uma empresa de consultoria de Curitiba ao preço de R$ 66 mil reais? Mais, como vocês irão se explicar aos credores da EMDUR que hoje extra-oficialmente já acumulam próximo a R$ 1,2 milhão a receber? Por que também do nada, a área da pedreira “supostamente” havia sido perdida pela antiga administração (dita pelo deputado ssschin), em 2015 apareceu em nome do município? Como diz meu “urubu-azul”, chama o padre Quevedo porque isso tudo é sobrenatural.
Almoço indigesto?
Pois é, um dos meus “urubus”, aquele que prefere ficar voando mais nas periferias de Toledo, gruneou que havia um almoço a base de peixe e vinhos no sábado junto a ATED e que foi patrocinado pelo presidente da Câmara de Toledo. Nada seria novidade se três vereadores que estavam presentes não tivessem “gazeado” a sessão ordinária da segunda feira 11 de junho. Eu estou com muitas dúvidas e creio que vocês leitores também, se foi o peixe, os espinhos do peixe, o vinho ou os “pratos” que continham no cardápio da sessão que fez mal? Qual será que provocou essa diarreia em três vereadores da situação e um quarto que chegou bem atrasadinho, mas permaneceu na sessão? Meu “urubu” te vira, quero saber!
O “comitê”
Sobre os nomes que formam o comitê, ainda preciso de mais compartilhamentos.
UBS prontas e acabadas
Alguém pode me informar, de o porquê as UBS da Vila Paulista e do Panorama ainda não estão em funcionamento apesar de estarem concluídas? Já sei, por que estávamos sem secretário de saúde titular. Apenas uma substituta como previmos em 23 de maio.
Secretaria da Saúde - Mandato tampão (publicado dia 23/05/18)
Bom, aquele “urubu” da pena branca no rabo veio voando baixinho da cidade de Palotina para me contar que a atual e recém nomeada secretária de Saúde de Toledo Adriane Monteiro Santana vai ficar apenas uns 30 dias, tipo mandato tampão. Que Denise Liel assumirá definitivamente, assim que voltar de férias. Ao confrontar as informações, deu bingo. A substituta de Denise na 20ª Regional, Nissandra Karten já está atuando sem ser nomeada. Logo, é a verdade.
BINNNNNGO!
PORTARIA Nº 262, de 11 de junho de 2018, Nomeia Denise Liell no cargo em comissão de Secretária da Saúde do Município de Toledo. Fica nomeada Denise Liell no cargo em comissão de Secretária da Saúde do Município de Toledo, Símbolo CC-1 da Tabela “C” da Lei nº 1.821/1999, a contar de 12 de junho de 2018. Art. 2º – Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Pátria de chuteira

Se despediu

Manifestação e paralisação.

Indícios de irregularidade na nomeação do filho do deputado na EMDUR

Projeto 97 confirma nossas informações: Querem fechar a EMDUR!

Mandado de segurança contra ato do promotor Giovani Ferri

Comando do 19º BPM visita a Gazeta.

Prefeito de Toledo e secretários são multados pelo TCE.PR

EMDUR - administrativamente sem saída?

Os “asnos”

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)