AgroGazeta

Mercado de reposição travado no Paraná

| 13/06/2018 - 16:45

Foto: Reprodução (Acervo Notícias da Pecuária)

No Paraná diversos fatores têm diminuído o impulso dos compradores e um dos principais foi a greve dos caminhoneiros. O movimento, mesmo depois de passados alguns dias do término, trouxe instabilidade para arroba e o mercado do boi gordo sem diretrizes afasta os investimentos na reposição.
Além disso, a paralisação dos abates durante o período da greve represou a boiada no pasto e o giro de estoque mais compassado vai postergando a troca. Portanto, há pouca procura pela ponta compradora e do outro lado os vendedores endurecem as negociações, não entregando os animais a preços abaixo da referência.
Analisando a relação de troca, desde o início do ano o preço do boi gordo desvalorizou mais do que o preço das categorias de reposição, em função disso o pecuarista perdeu poder de compra. Destaque para a troca com o bezerro de 7,5@. No início do ano, com o preço de venda de um boi gordo de 16,5@ comprava-se 1,9 bezerro, atualmente compra-se 1,85.
Fonte: Scot Consultoria
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Frango: cotações recuam em algumas praças

Formada primeira turma de Conselheiros Cooperativos no Paraná

Milho sofrerá com aumento global da temperatura

Preço da soja para exportação reage

Governo eleva previsão de VBP em 2018

Valores do frete impactam fertilizantes no campo

Miho: compradores baixam ainda mais os preços

Custo do frango no Paraná chega a R$ 2,92/quilo

Carnes de frango e suíno presentes na Copa

Soja: preços caem, devido ao dólar e produção elevada

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)