Cultura

Socióloga comera 80 anos em evento sócio ambiental

| 09/07/2018 - 18:10

A socióloga e escritora Moema Viezzer foi recepcionada por familiares e amigos para seu aniversário

A socióloga e escritora, Moema Wiezzer, reuniu familiares, amigos e lideranças no último sábado, 7, em um jantar no Restaurante Filezão, para comemorar os seus 80 anos de idade. Mais que uma festa para amigos e familiares, ela definiu o encontro como um evento sócio ambiental, pela participação de lideranças e o envolvimento de pessoas engajadas com estas causas, assim como ela. “Estou muito feliz, ao lado dos meus familiares, amigos e convidados. Representa um momento de gratidão, assim como escrevi no convite agradecendo pelas graças que a vida tem me dado, de chegar nesta idade, com saúde e possiblidade de continuar articulando pessoas e criando sinergias positivas”.
O evento também marcou o lançamento e sessão de autógrafos do livro Vocação de Semente, história de uma facilitadora da inteligência coletiva , em depoimento à jornalista Tereza Maldonado. O livro, explica Moema, conta a sua história pessoal e permite também a inserção de considerações sobre a sua visão de mundo e questões que mais tem se dedicado ao longo de sua trajetória, como o empoderamento das mulheres, a equidade de relações e as questões sócio ambientais.
Fonte: Eliane C. Torres
Moema Libera Viezzer, escritora, socióloga e militante feminista, nasceu em Caxias do Sul (RS), em 1938.
Atuou em projetos educativos na Região Nordeste do Brasil. Ficou exilada no período do regime militar. Entre 1973 e 1974 trabalhou no Peru, na Inglaterra e no México. Com a anistia, voltou para o Brasil, e em 1980 fundou a Rede Mulher de Educação.
Uma de suas obras de grande destaque e repercussão é “Se Me Deixam Falar – Domitila” (1976), baseado na história real da militante feminista e operária boliviana Domitila Barrios de Chungara, a quem conhecera em 1975, durante um evento do Ano Internacional da Mulher, no México.
Recebeu em 2007 o Diploma Bertha Lutz do Senado brasileiro. Foi também uma das 52 brasileiras incluídas na candidatura de 1000 Mulheres para o Prêmio Nobel da Paz em 2005.
Galeria de fotos
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Cultura'

Marechal realiza Sarau Literário

Toledo recebe no fim de semana espetáculo e oficina cultural

Balaio de Histórias traz a Toledo, espetáculo e Oficina de Contação de Histórias

Oficina de Mangá e Anime no SESC Toledo

Espetáculo “Golpe 222” será apresentado no Teatro Municipal

Capoeira: da marginalização à institucionalização

Da cor da felicidade

Conheça a profissão de restaurador

Teatro de Comédia do Paraná volta aos palcos em novembro

Curadoria legal: um auxílio indispensável em exposições artísticas

Mais Destaques

Política

TSE abre prazo para impugnar candidaturas

Cidade

Hospital Bom Jesus de Toledo é homenageado por doação de órgãos

"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)