Estado

Idosos ou deficientes que não se cadastrarem perderão benefício

| 11/07/2018 - 16:10

Pelo menos 78 mil pessoas idosas ou com deficiência, no Paraná, devem fazer o Cadastro Único (CadÚnico) para continuar a receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC), equivalente a um salário mínimo. Quem não está com o cadastro atualizado, também pode ter o benefício suspenso.
A regularização permite acesso a outros programas socioassistenciais, como Família Paranaense e Luz Fraterna. A regularização do CadÚnico pode ser feita nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), até dezembro. Os documentos obrigatórios, nos dois casos, são CPF ou título de eleitor.
A partir deste ano, o pagamento do benefício está atrelado ao cadastro único. O processo de recadastramento do CadÚnico é recomendação do Governo Federal.
O BPC concede renda mensal de um salário mínimo para pessoas com mais de 65 anos ou com deficiência de qualquer idade que comprovem incapacidade para trabalhar e se manter independentes. Para requerer o benefício, a renda per capita da família não pode ultrapassar um quarto de salário mínimo.
Das 3,3 milhões de pessoas no Cadastro Único no Paraná, 12,06% são pessoas idosas e 5,5% pessoas com deficiência. Recebem o BPC, 207 mil pessoas, mas somente 129 mil estão cadastradas no CadÚnico. A maioria a ter acesso ao benefício, 54,8%, é de idosos.
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Estado'

MPF consegue na Justiça redução de tarifas das concessionárias Caminhos do Paraná e Viapar

Após reunião com governo, caminhoneiros descartam paralisação

Paraná se prepara para o crescimento do uso de carros elétricos

Governador lidera missão do Paraná para atrair investimentos da China

Inscrições para Prêmio de Ciência e Tecnologia seguem até maio

Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

Ação visa conscientizar sobre riscos de acidentes com motos

Diálogo e ações inovadoras marcam gestão na Educação

Paraná segue em alerta contra a febre amarela

Estado terá a primeira escola técnica de operação florestal do Brasil

Mais Destaques

Política

Funcionalismo estadual entra em greve no dia 29 para exigir a data-base

Economia

No Mês da Indústria, Sistema Fiep apresentará dimensão de seu trabalho

Esporte

Conheça o massagista Jheison e o auxiliar de comissão técnica Jonh

Gente X Poder

Licenças ambientais

Regional

Maripá adquiriu maquinários com recursos do Governo Federal

"Já foram 19 milhões que acessaram o site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)