Economia

Temer sanciona lei que institui tabela de fretes no país

| 09/08/2018 - 15:40

O tabelamento de fretes foi uma das medidas adotadas pelo governo após a greve dos caminhoneiros. Cr

O presidente Michel Temer sancionou a lei que institui valores mínimos de fretes rodoviários praticados no Brasil, de acordo com publicação no Diário Oficial da União desta quinta-feira.
O tabelamento de fretes foi uma das medidas adotadas pelo governo após a greve dos caminhoneiros, em maio, que afetou diversos setores da economia nacional e provocaram desabastecimento país afora.
“A Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas tem a finalidade de promover condições mínimas para a realização de fretes no território nacional, de forma a proporcionar adequada retribuição ao serviço prestado”, traz o texto no Diário Oficial.
A lei instituída ressalta que os fretes praticados devem ser iguais ou superiores aos estabelecidos pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), “com priorização dos custos referentes ao óleo diesel e aos pedágios”, e venda acordos em paralelo à tabela.
Os pisos mínimos de fretes serão publicados até 20 de janeiro e 20 de julho de cada ano. Sempre que ocorrer oscilação no preço do óleo diesel no mercado nacional superior a 10 por cento em relação ao preço considerado na planilha de cálculos, para mais ou para menos, uma nova norma com pisos mínimos deverá ser publicada pela ANTT, diz o texto.
“O processo de fixação dos pisos mínimos deverá ser técnico, ter ampla publicidade e contar com a participação dos representantes dos embarcadores, dos contratantes dos fretes, das cooperativas de transporte de cargas, dos sindicatos de empresas de transportes e de transportadores autônomos de cargas”, destaca a publicação.
A lei tem gerado críticas no setor produtivo, que reclama de custos mais altos. Uma reunião foi agendada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), para 27 de agosto para discutir o assunto entre as partes.
Fonte: Reuters
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Economia'

PIB cresce 1,6% no trimestre encerrado em agosto

Mercado financeiro projeta inflação em 4,44% para este ano

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar o PIS a partir de hoje

Um em cada três clientes ignora valor da fatura do cartão de crédito

Intenção de consumo das famílias recua 0,3% em outubro, diz CNC

Economia brasileira cresce 0,47% em agosto, diz BC

Bancos já podem receber boletos vencidos acima de R$ 100

Vantagem de Bolsonaro derruba Dólar

Crescimento de vendas e produção de veículos no Brasil deve desacelerar em 2019, prevê Anfavea

BB lidera ranking de reclamações no terceiro trimestre

Mais Destaques

Política

Polícia Federal abriu 469 inquéritos para investigar crimes eleitorais

Regional

IFPR abre inscrições para cursos técnicos em Quatro Pontes

Estado

Novos fundos darão suporte a 700 mil negócios do Paraná

Esporte

Clube da Bola Oeste: o despontar do futebol amador em Toledo

Cidade

Núcleo da Acit realiza manutenção preventiva em veículos

Geral

Diferença salarial entre homens e mulheres diminuiu de 2016 para 2017

"Ultrapassamos 16 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)