Regional

Intercambiária alemã deixa muitas lições aos se despedir de Maripá

| 09/08/2018 - 17:00

Olivia, à esquerda da foto, e Anelise (Foto: Ascom/Pref. de Maripá)

Recém saída do ensino médio, a jovem alemã Olivia Adam decidiu passar um ano em intercâmbio para novas experiências antes de entrar na universidade. Com apenas 18 anos, Olivia passou pela Inglaterra com o objetivo de aprimorar o idioma inglês e escolheu o Brasil como próximo destino. Chegou à Maripá por meio de um amigo em comum com a maripaense Anelise Schwarz, professora que ministra as aulas de língua alemã oferecidas gratuitamente à população local por meio da Administração Municipal.
Olivia irá passar um período de dois meses por aqui. Chegou no dia 7 de junho e encerra sua passagem por Maripá neste domingo, dia 12. Nestes dois meses, a jovem foi integrada em algumas das atividades desenvolvidas no município. Participou da Banda Sinfônica Municipal e ensaiou o grupo de saxofone. E de forma mais intensa, também auxiliou nas aulas de língua alemã, especialmente com as turmas mais avançadas com as quais pode contribuir na prática da conversação.
De acordo com Anelise Schwarz, a interação entre os alunos e a intercambista foi fundamental para o aprendizado de ambos. “O convívio e a prática da conversação permitem com que os alunos percebam detalhes como o sotaque, que é algo muito difícil de ensinar apenas na teoria e fazem com que eles percebam o quanto é importante se aprimorar cada vez mais no idioma. Foi uma troca de experiência excelente, pois da mesma forma, a Olivia teve uma evolução muito grande no aprendizado do português e já consegue se comunicar muito bem apesar do curto período de tempo”, destaca.
Para Olivia, um dos aspectos mais interessantes na passagem por Maripá foi o fato de muitas pessoas falarem o idioma alemão. “Apesar do meu objetivo no Brasil ser o aprendizado do português, aqui em Maripá a vivência foi mais intensa que nos outros locais por onde passei, porque muita gente fala ou entende o idioma alemão e isso possibilitou uma interação muito maior”, relata Olivia.
A jovem também fez um comparativo entre sua cultura e a cultura local. “Embora tenham muitas famílias de descendência europeia aqui, os costumes são diferentes, as pessoas são mais afetuosas, muito receptivas e percebi uma religiosidade muito grande também. Outro fato interessante é que as pessoas me chamam pra ir para vários lugares e me convidam para dormir na casa delas, o que não é muito comum na Alemanha, onde as pessoas são mais reservadas”, explica.
Encerrado o período de intercâmbio em Maripá, Olivia passa ainda por São Paulo e Uberlândia, retorna à cidade de Ottersheim no Estado de Renania Palatinado, onde vive na Alemanha e, após um mês, segue ainda para o Equador onde permanecerá por oito meses trabalhando como professora de saxofone. Finalizado o ciclo, Olivia Adam pretende entrar em uma universidade na Holanda para estudar psicologia.
Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Maripá
Galeria de fotos
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Regional'

Sicredi figura entre “Maiores & Melhores 2018”

Começa em Marechal, a campanha de arrecadação de livros para a Biblioteca do Lago

Municípios lindeiros farão torneio de pesca

Lideranças oestinas participam de evento internacional

Florescimento de orquídeas anuncia tradicional festa de Maripá

Palotina ativa ecossistema de inovação

Evento internacional destaca mel produzido no Oeste

SENAC oferece curso profissionalizante em Tupãssi

Hospital recebe gerador em Nova Santa Rosa

Concurso municipal de Quatro Pontes será no domingo

Mais Destaques
"Chegamos ao 15 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)