Artigos

A liderança é o caminho do sucesso

| 16/08/2018 - 20:00

Atualmente vivemos o momento do diferencial competitivo entre as organizações. Investem em tecnologias de ponta e cada vez mais reconhecem e investem nas suas pessoas. Essas pessoas que são os geradores de lucro da empresa. Aquelas que fazem o seu produto e serviços. E através desses investimentos, esperam ter excelência. E fica para o papel do líder gerenciar e trazer para a organização o bom desempenho das pessoas de sua equipe.
E surge a pergunta: como gerenciar corretamente a equipe e obter sucesso? Em primeiro é importante afirmar que não existe uma formula mágica para que isso ocorra e também, nem uma única forma de se liderar. Um líder de sucesso não surge de um dia para outro, ele surge de um conjunto de experiências, habilidades e desenvolvimento de atitudes perante pessoas e as experiências vividas.
Um fator que todos concordam é que se o líder não sabe aonde quer chegar como poderá guiar a sua equipe para o sucesso e sucessivamente motivá- los para o mesmo. Ele tem que demonstrar que estão todos no mesmo barco, e que o sucesso depende do esforço de cada um.
As responsabilidades de um líder vão além de comandar uma equipe. Um bom líder cultiva, desenvolve e dá importâncias às pessoas e a equipe, além de servir como inspiração e exemplo.
O líder bem sucedido sabe das suas metas e resultados e pensando nelas traça uma estratégia para alcança- las. E um dos primeiros passos do líder para isso seria procurar envolver todos no plano de ação para possuir a colaboração da equipe, ou seja, integrar a toda a equipe aos planos e metas.
O líder constrói antes de tudo bases solidas de relacionamentos, mostrando que conhece e procura reconhecer cada um da sua equipe, suas necessidades e expectativas, para assim estabelecer harmonia entre as necessidades da organização e as da sua equipe.
Como um exemplo para equipe o bom líder tem que pensar antes de agir e de falar ou de nada vai adiantar conhecer a sua equipe e não respeita- la. A liderança de sucesso não resolve os problemas sozinho, não centraliza as decisões e soluções só nele, muito pelo contrario, ele encontra oportunidade para distribuir tarefas, reunir e ouvir a equipe e reparar erros.
E sendo um exemplo, a liderança deve admitir erros e corrigi- los perante a sua equipe, sendo humilde o líder incentivará e manifestará sentimentos de segurança, incentivando a admitirem, e não omitirem seus erros. O líder não deve esperar que todos sejam perfeitos, porque se todos fossem perfeitos o que restaria para o líder fazer.
Daiane Rodrigues Cardoso, analista de RH
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Artigos'

A indexação do salário muda a relação produto/trabalho e causa recessão 

Muito mais do que construir cadeias e aumentar efetivo

O alcoolismo é uma doença emocional

O Brasil não é, mas pode ser

Por que o IDEB reflete uma avaliação equivocada sobre a qualidade da educação básica?

A vida como dom de Deus para ser partilhada

Negociação avançada usando ferramentas de coaching

Você é preguiçoso ou proativo?

Controle de fronteira e combate ao crime organizado se faz com inteligência e com o fortalecimento d

A ciência da bondade

Mais Destaques

Geral

Aplicativo do SUS já é utilizado por 1,2 milhão de pessoas

Esporte

Jogo entre Atlético e Paraná Clube terá ação da campanha de doação de órgãos

Política

73,1% dos eleitores paranaenses não sabem em quem votar para governo

"Ultrapassamos 16 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Aqui se propaga - 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)