Gente X Poder

CPI “Circo de horrores”

| 30/08/2018 - 17:40

CPI “Circo de horrores”

Caros amigos leitores, confesso que escrevo com certo constrangimento o que assisti em mais um dos capítulos sobre a CPI do Hospital Regional em nossa nódoa Câmara Municipal de Toledo. Posso afirmar que se transformou em um “circo de horrores” a tal CPI, tendo como peça principal uma auditoria acéfala, mal feita, mal redigida e tendenciosa.

CPI “Circo de horrores” I

Um dos “auditores’ convocados, de tão assustado com a forma contundente do vereador Ademar Dorfschimdt fazer as perguntas, ficou tão desesperado que precisou levar a tiracolo uma advogada (que gaguejou também). “Estava com medo de quê”? Outro "auditor" declarou que assinou o relatório final da auditoria, sem sequer ter ido (in loco) uma única vez nas obras do HPSR; logo, obedeceu a ordem de alguém, com certeza. Por fim teve um dos "auditores" que se perdeu lá pelo Rio de Janeiro e ninguém sabe o seu paradeiro...

CPI “Circo de horrores” II

Dá gosto de ver e ouvir o vereador Ademar Dortshimdt dominando com “conhecimentos de causa” e colocando seu cargo à disposição caso provassem qualquer ilícito de sua parte no que tange a contatos com a empresa construtora da obra ou sua direção e assim, expondo ao ridículo os demais vereadores de situacionistas, que de maneira desesperada tentam convencer a sociedade que essa pseudo e “fajuta” auditoria seja acolhida como confiável e verdadeira.

CPI “Circo de horrores” III

Dá nojo ver e ouvir a líder de situação tentando justificar o injustificável, de que o Hospital Regional não entrou em funcionamento na data de junho de 2017 por problemas na obra... e não pelo fato da administração não conseguir alguma divindade espiritual, estadual ou federal para assumir a gestão do hospital e contratação de pessoal. Lembrando que o limite prudencial do município estava nas alturas dado a sangria feita pelas tais horas extras na área da saúde. Confesso que com 56 anos de idade não tenho mais estômago e paciência para assistir tamanho desrespeito e cinismo tendo como assunto a saúde pública tão carente em nosso país.

Começa hoje a propaganda política no Rádio e TV

A divisão do tempo de TV e rádio é feita de acordo com o tamanho das bancadas na Câmara dos partidos que compõem a coligação de cada candidato. Ratinho Junior (PSD), será o primeiro candidato no programa eleitoral, com o tempo de 2 minutos e três segundos. O candidato do PT, Dr. Rosinha vem na sequência com 1 minuto e 12 segundos. Logo depois, OgierBuchi (PSL) segue com 10 segundos.

Começa hoje a propaganda política no Radio e TV I

Ivan Bernardo, do PSTU, apresenta as propostas durante cinco segundos; seguido de Professor Piva, do Psol, com 10 segundos. O candidato do MDB, João Arruda, terá 1 minuto e 51 segundos e será seguido por Geonísio Marinho, do PRTB, com nove segundos. A candidata à reeleição Cida Borghetti, do PP, possui o maior tempo entre os candidatos - 3 minutos e 12 segundos.

Começa hoje a propaganda política no Radio e TV II

Fecha o programa eleitoral o candidato da Rede, Jorge Bernardi, com nove segundos e Priscila Ebara, do PCO, com cinco segundos de tempo.A propaganda para candidatos a presidente e deputado federal será veiculada na terça-feira, quinta-feira e sábado, enquanto senador, deputado estadual/distrital e governador, apresentam as propostas toda segunda, quarta e sexta-feira.

    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Gente X Poder'

Energias renováveis

Recomendação “urgente”

Leoclides Bisognin e a “cerca” dos chiqueiros

Prevenção de acidentes

Festa do Cupim

Denúncia:Transguard – irregularidades, abusos e suspeitas.

Ações do governo Ratinho reduziram próximo de R$ 50 milhões com gastos da máquina

MP determina abertura de procedimento administrativo sobre áudio de secretário

Empresário dá adeus Toledo

Lançamento do livro Ewald um alemão.

Mais Destaques
"18 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)