AgroGazeta

Exportação de soja deve crescer 2,6%

| 07/11/2018 - 16:00

Em relação ao farelo de soja, a Associação estima que os números se manterão estáveis para esse ano.

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE) indicou que a exportação de soja em 2018 deve fechar com um aumento de 2,6%, passando de 77 milhões para 79 milhões de toneladas. Além disso, a estimativa de produção foi revisada para cima 0,8%, de 119,5 para 120,5 milhões de toneladas.
De acordo com Daniel Furlan Amaral, economista-chefe da ABIOVE, o principal fator que influencia para esse aumento das exportações foi a disputa comercial travada entre a China e os Estados unidos. Nesse cenário, com as retaliações impostas pelos dois países sobre produtos agrícolas importados, o país asiático procurou a América do Sul, mais especificamente o Brasil, para suprir a sua alta demanda por soja.
Em relação ao farelo de soja, a Associação estima que os números se manterão estáveis para esse ano. Além disso, a entidade informou também que a produção foi estimada 32,8 milhões de toneladas e a exportação em 16,750 milhões de toneladas para o fim do ciclo de 2018.
A Abiove aumentou a previsão de exportação de óleo em 3,6%, de 1,4 milhão para 1,450 milhão de toneladas, sendo que a China também é o principal destino desses embarques. Já para os estoques finais de soja é esperado uma redução de 27,3%, de 1,465 para 1,065 milhões de toneladas.
Para o ano que vem, a previsão é de redução de 6,5% para a exportação de soja, 73,9 milhões de toneladas, em comparação com as 79 milhões de toneladas da previsão para 2018. No farelo, a entidade projeta que a exportação cairá 3,3%, de 16,750 para 16,2 milhões de toneladas e a produção reduzirá 0,6%, de 32,8 para 32,6 milhões de toneladas.
Fonte: Agrolink
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Paraná está pronto para receber status de área livre de febre aftosa sem vacinação

Abate de suínos é recorde, diz IBGE

Novos mercados garantem crescimento na exportação de carne bovina

Celulose já é o terceiro produto mais exportado pelo Paraná

Reunião traz novo alerta sobre Peste Suína Africana

Exportações de carne suína crescem 5,65% em 2019

Paraná quer mais recursos e queda de juros no novo Plano Agrícola

Soja registra terceira queda consecutiva

Retorno do consumidor é positivo pela fanpage e canal de atendimento dos Alimentos Coamo

Importância da agricultura de precisão para países menores

Mais Destaques
"18 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)