AgroGazeta

Exportações de carne de frango mantém alta em outubro

| 07/11/2018 - 16:10

ABPA mostram que as exportações de carne de frango totalizaram em outubro 366,3 mil toneladas (Foto:

Levantamentos da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que as exportações de carne de frango totalizaram em outubro 366,3 mil toneladas, volume que supera em 0,4% as exportações realizadas no mesmo mês do ano passado, com 364,3 mil toneladas. Em receita, as vendas do período alcançaram US$ 578,5 milhões, número 8,3% menor que o resultado obtido em outubro de 2017, com US$ 631,2 milhões.
No acumulado do ano, o setor exportou 3,425 milhões de toneladas, volume 6,7% menor que as 3,673 milhões de toneladas embarcadas entre janeiro e outubro de 2017. Em receita, a retração é de 11,2%, com US$ 5,4 bilhões de toneladas nos 10 primeiros meses deste ano, contra US$ 6,1 bilhões registrados no mesmo período do ano passado.
“A média das exportações registradas ao longo deste segundo semestre, de 397 mil toneladas mensais, superam em mais de 8% do desempenho alcançado no ano passado, o que confirma a perspectiva de recuperação apontada pela ABPA para 2018”, destaca Francisco Turra, presidente da ABPA.
Carne suína in natura - As exportações brasileiras de carne suína in natura registraram alta de 11% em outubro deste ano, totalizando 54,3 mil toneladas, frente a 48,9 mil toneladas embarcadas em 2017. Em receita, houve retração de 18,8%, alcançando US$ 97,3 milhões – em outubro de 2017, foram obtidas US$ 119,8 milhões.
Considerando as vendas registradas entre janeiro e outubro, os embarques do setor alcançaram 450,2 mil toneladas, volume 10,5% menor que as 502,9 mil toneladas exportadas e, 2017. Em receita, as vendas de 2018 atingiram US$ 925,8 milhões, 26,1% a menos que o saldo dos 10 primeiros meses do ano passado, com US$ 1,252 bilhão.
“A China continua se destacando como destino com maior elevação nas importações, compensando as perdas causadas pelo fechamento do mercado russo, agora, reaberto para o Brasil. As vendas para mercados da América do Sul, como Argentina, Chile e Uruguai, juntamente com Angola, também ajudaram a sustentar o bom desempenho de outubro”, explica Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA.
Fonte: ABPA
Galeria de fotos
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'AgroGazeta'

Paraná está pronto para receber status de área livre de febre aftosa sem vacinação

Abate de suínos é recorde, diz IBGE

Novos mercados garantem crescimento na exportação de carne bovina

Celulose já é o terceiro produto mais exportado pelo Paraná

Reunião traz novo alerta sobre Peste Suína Africana

Exportações de carne suína crescem 5,65% em 2019

Paraná quer mais recursos e queda de juros no novo Plano Agrícola

Soja registra terceira queda consecutiva

Retorno do consumidor é positivo pela fanpage e canal de atendimento dos Alimentos Coamo

Importância da agricultura de precisão para países menores

Mais Destaques
"18 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo- ISENÇÃO E VERDADE!"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)