Estado

Copel inaugurará a maior eletrovia do país

| 05/12/2018 - 17:25

São onze estações de recarga na BR-277, entre Paranaguá e Foz do Iguaçu. (Foto: Dani Catisti)

A Copel finalizou as instalações de postos de recargas que formam a maior eletrovia do Brasil, com 730 quilômetros de extensão, ligando o Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu. Executivos e técnicos da Companhia farão uma viagem inaugural do percurso nesta segunda-feira (10), partindo de Paranaguá rumo ao oeste do Paraná em cinco carros elétricos.
Ao todo, são 11 eletropostos espalhados ao longo de toda BR-277, que cruza o Estado. Será a primeira vez que uma equipe da Copel percorrerá toda a eletrovia.
Os eletropostos já estão em funcionamento em Paranaguá, Curitiba, Palmeira, Fernandes Pinheiro, Prudentópolis, Candói, Laranjeiras do Sul, Ibema, Cascavel, Matelândia e Foz do Iguaçu.
O projeto é pioneiro no país. “Já existem alguns trechos de rodovia com eletropostos no País, mas uma rede que atenda toda uma rodovia não. O Paraná e a Copel saíram na frente novamente com a primeira e maior eletrovia do Brasil”, disse o diretor da Copel Distribuição, Antonio Guetter.
No total, foram investidos R$ 5,5 milhões no projeto. “A descarbonização é uma tendência mundial e a Copel está à frente desse movimento com a implantação de uma eletrovia em uma rede robusta e preparada para comportar as demandas de mobilidade urbana que já estão em andamento”, afirma Guetter.
Cada eletroposto tem 50 kVA (kilovoltampere) de potência - o equivalente a dez chuveiros elétricos ligados ao mesmo tempo - e três tipos de conectores, próprios para atender os modelos de carros elétricos ou híbridos disponíveis no Brasil.
As estações são todas de carga rápida e gratuita: leva entre meia e uma hora para carregar 80% da bateria da maioria dos carros elétricos. Esses modelos rodam de 150 a 300 quilômetros a cada carga. “Por ser um projeto de pesquisa e desenvolvimento, os consumidores não terão custo para abastecer na eletrovia da Copel”, diz Guetter.
A eletrificação automotiva segue tendências da indústria automobilística internacional e atende ao Acordo de Paris, que exige novas soluções de geração e consumo de energia baseadas em fontes renováveis e tecnologia sustentável.
Fonte: AEN
    SEJA o primeiro a comentar
  • Nome

    E-mail

    Escreva um comentário

Notícias de 'Estado'

Governo prepara lei para formalizar reforma administrativa

Governador anuncia redução de preços de serviços do Detran

Ratinho Júnior anuncia redução de preços de serviços do Detran

Nova gestão dos portos priorizará participação na logística nacional

Governo cria programa para instituir regras de conduta para órgãos públicos

Saúde reforça capacitação de assistência contra dengue

Inscrições para cursos gratuitos de idiomas encerram na sexta-feira

Projeto estabelece faixa única para beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica

Infarto mata ex-chefe da casa civil e ex-deputado Caito Quintana

Esportes movimentam temporada nas praias do Paraná

Mais Destaques

Economia

Petrobras retomará processos de alienação de ativos

Cidade

Prati-Donaduzzi inicia 2019 com 150 vagas de emprego

Cultura

Inscrições abertas para o processo seletivo do curso de Música da UNILA

Gente X Poder

Na base do sal GROSSO?

Esporte

Toledano Lucas Lóh comemora 28 anos e a ótima fase na carreira

Regional

Iguassu-IT inicia planejamento estratégico para 2019

AgroGazeta

Sojicultores do Paraná mantêm produtividade durante estiagem

"Já são 17 milhões de acessos no site do Jornal Gazeta de Toledo. Junte-se a quem de fato é lido - invista em propaganda onde sua marca ficará visível 45 9.91339499"
(Eliseu Langner de Lima - diretor)
Enquete
Tempo Toledo
Cotações
Compra Venda
Dólar comer.
Euro (real)